Exportar registro bibliográfico

Estudo das deleções do gene supressor de tumor retinoblastoma RB em leucemias mielóides agudas na infância, por Fis (Fluorescence in Situ Hybridization) (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANKARANKUTTY, BIANCA MARIA ORTELLI MORI - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPP
  • Subjects: NEOPLASIAS; DOENÇAS SANGUÍNEAS E LINFÁTICAS; ONCOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: As leucemias mielóides agudas ( LMA ) constituem cerca de 15 a 20% dos casos de leucemia aguda na infância e, embora relativamente raras, são provavelmente as neoplasias mais estudas através de técnicas citogenéticas e de biologia molecular. São classificadas segundo critérios morfológicos e citoquímicos, de acordo com a FAB ( French American British Cooperative Working Group ). Entretanto, na ultima década, os critérios de classificação vêm sendo aperfeiçoados através de estudos citogenéticos e de biologia molecular das células leucêmicas. Estes estudos têm proporcionado auxílio para os avanços terapêuticos, bem como para o estabelecimento de fatores prognósticos, uma vez que várias alterações genéticas encontradas nos blastos leucêmicos podem ser úteis na identificação de subgrupos de pacientes com características clínicas distintas. Estudos relativos à expressividade, bem como ao valor prognóstico das alterações do gene RB em leucemias agudas na infância, vêm sendo realizados recentemente. 0 RB, localizado na banda q14 do cromossomo 13, é o responsável pela predisposição genética para o desenvolvimento da neoplasia maligna intraocular mais comum na infância, o retinoblastoma. Estudos experimentais mostraram que esse gene exerce uma função reguladora em estágios específicos do ciclo celular.) Deleções no locus do RB foram observadas em várias neoplasias, inclusive nas hematopoéticas, e as pesquisas sugerem que este fenômeno possa estarassociado à leucemogênese. 0 presente trabalho tem como objetivo estudar as deleções do RB em LMA na infância, por FISH. Aspirados de MO de 21 pacientes, com idade entre 8 meses e 16 anos, 12 do sexo feminino e 9 do sexo masculino, e diagnóstico de LMA confirmado por análise citoquímïca e imunofenotípica dos blastos, foram submetidos à análise pelo método FISH. Não foram encontradas deleções de gene RB nas amostras estudadas. Os resultados negativos não excluem a possibilidade de que a inativação da proteína do gene RB esteja envolvida no processo da leucemogênese em determinados casos, uma vez que essa inativação pode ser provocada por outras alterações. Portanto, estudos complementares são necessários para uma melhor avaliação dos mecanismos que levam ao desenvolvimento da leucemia
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.03.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANKARANKUTTY, Bianca Maria Ortelli Mori; TONE, Luíz Gonzaga. Estudo das deleções do gene supressor de tumor retinoblastoma RB em leucemias mielóides agudas na infância, por Fis (Fluorescence in Situ Hybridization). 2001.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2001.
    • APA

      Sankarankutty, B. M. O. M., & Tone, L. G. (2001). Estudo das deleções do gene supressor de tumor retinoblastoma RB em leucemias mielóides agudas na infância, por Fis (Fluorescence in Situ Hybridization). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Sankarankutty BMOM, Tone LG. Estudo das deleções do gene supressor de tumor retinoblastoma RB em leucemias mielóides agudas na infância, por Fis (Fluorescence in Situ Hybridization). 2001 ;
    • Vancouver

      Sankarankutty BMOM, Tone LG. Estudo das deleções do gene supressor de tumor retinoblastoma RB em leucemias mielóides agudas na infância, por Fis (Fluorescence in Situ Hybridization). 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020