Exportar registro bibliográfico

Os sujeitos no discurso jurídico das varas de infância e juventude: "pedido de providências" (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: TRAVIESO, PILAR ISABEL - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: ANÁLISE DO DISCURSO; PSICOLOGIA FORENSE; MENOR
  • Language: Português
  • Abstract: Os processos de Vara de Infância e Juventude assumem considerável importância nas práticas jurídicas. Compostos de documentos e relatos feitos por agentes institucionais, apresentam a clientela e norteiam as decisões legais, também ali consignadas. Nesta pesquisa, foram analisados processos de Varas de Infância e Juventude com o objetivo de rastrear os sujeitos possíveis nesse e desse peculiar discurso. O recorte teórico-metodológico utilizado (desenvolvido por Guirado) considera o discurso como ato, em sua materialidade, estrategicamente configurado para além do domínio dos falantes. Articula o conceito de discurso de Foucault, os parâmetros de Análise de Discurso de Maingueneau, delimitando um sujeito em sua dimensão relacional/discursiva/institucional. O objetivo deste estudo não é apontar o autoritarismo (inerente) ao jurídico, ou a ausência de condições para um "bom" trabalho psicológico. Para além do desvelamento do gênero jurídico de discurso, o que se visa é apontar como se distribuem/atribuem os lugares de enunciação. A análise evidenciou uma trama discursiva bastante rígida, inserindo-se os usuários em estreitas margens, atreladas à medida legal. Os clientes adultos raramente são sujeitos desse discurso. Via de regra ocupam lugares pressupostos num discurso que os relata, transformando suas falas. As crianças e adolescentes, clientela alvo, quase não aparecem no processo: não são nomeados e sim chamados "menores", referidos de modo vago eindiferenciado, Pouca escuta recebem, não parecendo ter lugar no discurso processual que se constitui em tomo deles mas não os focaliza
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.05.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TRAVIESO, Pilar Isabel; GUIRADO, Marlene. Os sujeitos no discurso jurídico das varas de infância e juventude: "pedido de providências". 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Travieso, P. I., & Guirado, M. (2001). Os sujeitos no discurso jurídico das varas de infância e juventude: "pedido de providências". Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Travieso PI, Guirado M. Os sujeitos no discurso jurídico das varas de infância e juventude: "pedido de providências". 2001 ;
    • Vancouver

      Travieso PI, Guirado M. Os sujeitos no discurso jurídico das varas de infância e juventude: "pedido de providências". 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020