Exportar registro bibliográfico

Expressão protéica de p53 nas lesões pré-malignas e malignas do colo uterino (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: MEIRELLES, MAURICIO GOMES - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPA
  • Assunto: NEOPLASIAS DO COLO UTERINO
  • Language: Português
  • Abstract: 0 câncer do colo uterino é a neoplasia cervical mais comum da genitália feminina, representando 12 % de todas as neoplasias que ocorrem em mulheres. Atualmente é amplamente aceita a participação do papiloma virus humano (HPV), como fator fundamental na carcinogênese cervical. Inúmeros estudos tem relatado a associação entre o papiloma virus humano (NPV) e proteínas codificadas por genes supressores de tumor, entre eles o gene p53. Sabe-se que defeitos no gene p53 ou na sua expressão, são seguramente, a forma mais comum de alteração genética em neoplasias humanas. A expressão da p53 já está bem estabelecida em carcinomas cervicais, no entanto, são escassas as pesquisas da expressão da p53 em lsões precursoras da neoplasia cervical invasora. Objetivos: 1- Determinar a expressão do gene p53 nas lesões precursoras de malignidade e maligna do colo uterino. 2- Verificar possíveis inferências da expressão da p53 como fator prognóstico na evolução das lesões precursoras para a neoplasia cervical. Material e método: trata-se de um estudo retrospectivo para o qual foram utilizados blocos de parafina arquivados no Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP), contendo material de colo uterino obtido por biópsias de mulheres atendidas no Ambulatório do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da FMRP-USP. O material obtido para o estudo proveniente de 200 blocos, dos quais 78 estavam dentro dos critériosde inclusão previamente definidos para esta pesquisa. Após identificação dos blocos de parafina foram feitos cortes de 4 'mu'm de espessura colocando as amostras tissulares sobre lâminas revestidas por poli-L-lisina. A coloração para imuno-histoquímica foi feita pelo método da estreptavidina-biotina-peroxidase, e com recuperação antigênica em forno de microondas para aquecer o material e aumentar a exposição de antígenos. O anticorpo monoclonal empregado na ) técnica para detecção da proteína p53 foi produzido pela DAKO (califórnia, USA, cod, M7001). Resultados: a investigação da expressão p53, revelou positividade diretamente proporcional à gravida das lesões. Verificou-se que nas lesões do grupo NIC I a porcentagem da positividade de p53 foi de 31,58%; NIC II foi de 41,18%, NIC III de 45%, e no grupo de carcinoma invasivo obteve-se 72,73%. A análise estatística demonstrou diferença significativa esntre a taxa de positividade de p53 quando se comparou o grupo de neoplasia invasora com os grupos NC I (p=0,0084) e NIC II (0,047), mas não atingiu significância estatística quando se comparou a neoplasia invasora com o grupo NIC III (0,0675). Conclusões: Observou-se a existência de associação entre a frequência de positividade da p53 e a gravidade das lesões do colo uterino, visto que a frequência de positividade da p53 na lesões correspondentes a NIC I e NIC II foi estatisticamente mais baixa que nas lesões neoplásicas cervicais invasivas. Com este fatoabre-se a possibilidade de conferir valor prognóstico expresso da 053 nas lesões cervicais precursoras de carcinoma invasivo. A frequência de positividade de p53 nas lesões de NIC III não representaram diferenças significativas com o grupo de neoplasia invasora do colo, abrindo importante discussão para a possibilidade de terapias menos conservadoras nestas situações
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.07.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MEIRELLES, Maurício Gomes; PERES, Luiz César. Expressão protéica de p53 nas lesões pré-malignas e malignas do colo uterino. 2001.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2001.
    • APA

      Meirelles, M. G., & Peres, L. C. (2001). Expressão protéica de p53 nas lesões pré-malignas e malignas do colo uterino. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Meirelles MG, Peres LC. Expressão protéica de p53 nas lesões pré-malignas e malignas do colo uterino. 2001 ;
    • Vancouver

      Meirelles MG, Peres LC. Expressão protéica de p53 nas lesões pré-malignas e malignas do colo uterino. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021