Exportar registro bibliográfico

A escola superior de guerra e o jornal "O Estado de S. Paulo" na passagem do regime democrático para o regime militar: afinidades e discordâncias (1963-1965) (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: FIGUEIREDO FILHO, CELSO RAMOS - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLH
  • Subjects: AUTORITARISMO (SISTEMAS DE GOVERNO); LIBERALISMO; JORNALISMO
  • Language: Português
  • Abstract: A Escola Superior de Guerra (ESG) e o jornal "O Estado de S. Paulo" (OESP) forneceram boa parte dos elementos ideológicos utilizados na campanha de desestabilização do governo de João Goulart, que culminaria com a sua deposição pelo golpe de Estado de 31/03/1964. A ESG baseava seu projeto político na Doutrina de Segurança Nacional, que era difundida, sobretudo, através do Curso Superior de Guerra. O diário paulistano definia suas posições a partir da teoria liberal. O principal ponto de identificação dos dois projetos era a luta contra o comunismo, a defesa da propriedade privada e uma concepção elitista e autoritária de sociedade e política. Logo no início do governo do gal Castelo Branco (membro do grupo esguiano), as divergências entre representantes das duas entidades frente à nova política se explicitam. Nos meses finais de 65, OESP colocou-se em franca oposição ao governo, aproximando-se da chamada "linha dura" das Forças Armadas, com a qual os membros da ESG não se identificavam. Em suma, o jornal postulava um autoritarismo ainda maior do que aquele que o primeiro governo militar estava inicialmente disposto a exercer. A compreensão do entrecruzamento do ideário liberal com a concepção autoritária, de cunho militar, constitui o objetivo maior da análise. Neste sentido, o trabalho se debruça sobre a conjuntura que antecede o golpe militar e o momento inicial de composição do novo regime, mostrando as afinidades e discordâncias expressas porrepresentantes das duas instituições (uma civil, outra militar) num contexto de mudanças, propício a rearranjos nas alianças políticas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.10.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FIGUEIREDO FILHO, Celso Ramos; CAPELATO, Maria Helena Rolim. A escola superior de guerra e o jornal "O Estado de S. Paulo" na passagem do regime democrático para o regime militar: afinidades e discordâncias (1963-1965). 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Figueiredo Filho, C. R., & Capelato, M. H. R. (2001). A escola superior de guerra e o jornal "O Estado de S. Paulo" na passagem do regime democrático para o regime militar: afinidades e discordâncias (1963-1965). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Figueiredo Filho CR, Capelato MHR. A escola superior de guerra e o jornal "O Estado de S. Paulo" na passagem do regime democrático para o regime militar: afinidades e discordâncias (1963-1965). 2001 ;
    • Vancouver

      Figueiredo Filho CR, Capelato MHR. A escola superior de guerra e o jornal "O Estado de S. Paulo" na passagem do regime democrático para o regime militar: afinidades e discordâncias (1963-1965). 2001 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020