Exportar registro bibliográfico

Escore de CMT em relação ao nível de células somáticas em leite do tanque de refrigeração e porcentagem de mastite subclínica em propriedades leiteiras de São Paulo e Minas Gerais (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GUIMARAES, ELIZABETH O DA COSTA F - FMVZ ; BENITES, NILSON ROBERTI - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Assunto: MEDICINA VETERINÁRIA PREVENTIVA
  • Language: Português
  • Abstract: Um aumento das células somáticas no leite indica ocorrência de processo inflamatório. Portanto é indicativo de mastite subclínica. Foi objetivo verificar o nível de células somáticas do leite de pequena mistura de propriedades leiteras do Estado de São Paulo e Minas Gerais, em relação aos escores de CMT em amostras de tanques de refrigeração. Foram realizadas contagens de células somáticas pelo método de Prescot e Breed e teste de CMT em leite de pequena mistura de propriedades produtoras de leite tipo B e C. A média de células somáticas por ml de leite no tanque de refrigeração das propriedades estudadas foi de 94.000 nas amostras em que o teste de CMT foi negativo, foi de 112.631 células/ml quando o resultado do teste foi CMT T, 317.887 células/ml quando o escore do CMT foi de 1+, 1.278.354 células/ml quando o teste de CMT foi 2+. O resultado da análise de correlação pelo teste de Spearman entre o escore de CMT nas amostra de leite dos tanques de refrigeração e o número médio de células somáticas por mililitro de leite de amostras de tanque de resultado foi r=1,000 para p=0,0167. A média do número de células somáticas no leite de amostras do tanque de refrigeração de propriedades leiteiras que apresentaram até 15% de mastite subclínica foi de 90.000 células/ml, propriedades com 16 a 30% de mastite subclínica a média de células foi de 245.000 por ml, nas propriedades em que a porcentagem de mastite subclínica foi de 31 a 45% a média de células no leite dotanque foi de 388.000 por ml, quando o índice de mastite subclínica foi de 46 a 60% a média de células somáticas nas amostras de leite do tanque de refrigeração foi de 402.000 por ml e nas propriedades em que a freqüência de mastite subclínica variou de 61 a 77%, o número médio de células foi de 1.145.000 células por ml. O resultado do teste de correlação de Spearman entre a freqüência de mastite subclínica presente no rebanho de propriedades leiteiras e o número médio e células somáticas por ml de leite observado no tanque de refrigeração destas mesmas propriedades foi de r=1,000 para p=0,0167. As propriedades que apresentaram os maiores níveis de células somáticas por mililitro foram também as que apresentaram os maiores escores de CMT e os maiores níveis de mastite subclínica e o inverso também foi verdadeiro. Na maioria dos países do mundo a contagem de células somáticas é usada para avaliar a qualidade do leite, constituindo um parâmetro para estimar a ocorrência de mastite no rebanho leiteiro, os resultados do presente estudo demonstraram que o teste de CMT pela alta correlação com a contagem direta de células somáticas permite a campo a estimativa deste parâmetro
  • Imprenta:
  • Source:
    • Título do periódico: Napgama
    • ISSN: 1516-6384
    • Volume/Número/Paginação/Ano: v. 3, n. 2, p. 14-18, 2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COSTA, Elisabeth Oliveira da; BENITES, Nilson Roberti; THIERS, Flávia Oliveira; et al. Escore de CMT em relação ao nível de células somáticas em leite do tanque de refrigeração e porcentagem de mastite subclínica em propriedades leiteiras de São Paulo e Minas Gerais. Napgama, São Paulo, v. 3, n. 2, p. 14-18, 2000.
    • APA

      Costa, E. O. da, Benites, N. R., Thiers, F. O., Ribeiro, A. R., Garino Júnior, F., & Silva, J. A. B. (2000). Escore de CMT em relação ao nível de células somáticas em leite do tanque de refrigeração e porcentagem de mastite subclínica em propriedades leiteiras de São Paulo e Minas Gerais. Napgama, 3( 2), 14-18.
    • NLM

      Costa EO da, Benites NR, Thiers FO, Ribeiro AR, Garino Júnior F, Silva JAB. Escore de CMT em relação ao nível de células somáticas em leite do tanque de refrigeração e porcentagem de mastite subclínica em propriedades leiteiras de São Paulo e Minas Gerais. Napgama. 2000 ; 3( 2): 14-18.
    • Vancouver

      Costa EO da, Benites NR, Thiers FO, Ribeiro AR, Garino Júnior F, Silva JAB. Escore de CMT em relação ao nível de células somáticas em leite do tanque de refrigeração e porcentagem de mastite subclínica em propriedades leiteiras de São Paulo e Minas Gerais. Napgama. 2000 ; 3( 2): 14-18.


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021