Exportar registro bibliográfico

Análise experimental da punção em lajes de concreto armado e protendido (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: MELGES, JOSE LUIZ PINHEIRO - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SET
  • Assunto: ESTRUTURAS DE CONCRETO
  • Language: Português
  • Abstract: As lajes lisas podem oferecer diversas vantagens quando comparadas ao sistema de lajes, vigas e pilares, sendo, em muitos casos, mais econômicas. O uso da protensão pode oferecer outras vantagens, tais como um melhor controle da fissuração e dos deslocamentos transversais da laje. Como a punção é um dos pontos fracos das lajes lisas protendidas, face à grande esbeltez destas lajes, apresentam-se resultados experimentais de ligações laje-pilar interno, com carregamento concêntrico, com e sem armadura de punção (conectores tipo-pino), com e sem protensão por pós-tração (cabos não aderentes). Os principais aspectos analisados foram as influências da armadura de punção e da protensão na resistência da ligação laje-pilar. Fez-se também uma análise envolvendo a previsão da resistência da ligação, dada por lagumas normas e códigos. Observa-se que, de um modo aproximado, a armadura de punção eleva significativamente a resistência do modelo à punção, seja de concreto armado ou protendido. Observa-se ainda que, embora diminuindo a taxa de armadura dos modelos de concreto armado, para que se introduzissem as cordoalhas de protensão, os valores experimentais obtidos mostram que a presença da protensão aumentou a resistência da ligação. De um modo geral, a melhor norma que reflete o comportamento da ligação laje-pilar é a Revisão da NB-1 (2000). Com relação aos modelos protendidos, o ACI poderia ter tido um bom desempenho, caso não houvesse uma restrição tão rígida com relação aouso de armaduras de punção
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.03.2001
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MELGES, José Luiz Pinheiro; PINHEIRO, Libânio Miranda. Análise experimental da punção em lajes de concreto armado e protendido. 2001.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2001. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18134/tde-07062006-152744/ >.
    • APA

      Melges, J. L. P., & Pinheiro, L. M. (2001). Análise experimental da punção em lajes de concreto armado e protendido. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18134/tde-07062006-152744/
    • NLM

      Melges JLP, Pinheiro LM. Análise experimental da punção em lajes de concreto armado e protendido [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18134/tde-07062006-152744/
    • Vancouver

      Melges JLP, Pinheiro LM. Análise experimental da punção em lajes de concreto armado e protendido [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18134/tde-07062006-152744/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020