Exportar registro bibliográfico

Acidentes de trabalho: um estudo do conhecimento e ocorrência acidentária entre trabalhadores de enfermagem de um hospital geral do Rio Grande do Norte (2001)

  • Authors:
  • USP affiliated author: NICOLETE, MARIA DAS GRAÇAS DE PAIVA - EERP
  • School: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subject: ENFERMAGEM OCUPACIONAL
  • Language: Português
  • Abstract: Realizou-se estudo epidemiológico descritivo com 200 trabalhadores de enfermagem de um Hospital do Rio Grande do Norte, objetivando verificar o conhecimento que possuem sobre a legislação relacionada à saúde e segurança no trabalho, sobre os acidentes de trabalho (AT) e os riscos ocupacionais, que podem favorecer AT; identificar a ocorrência de AT entre os mesmos, no período de cinco anos e verificar algumas características destes acidentes e dos trabalhadores de enfermagem acidentados. Para o alcance destes objetivos, os sujeitos foram submetidos à uma entrevista e suas respostas registradas em um questionário devidamente elaborado e validado para tal. Após a observância dos procedimentos éticos, a coleta de dados foi realizada, de outubro de 1999 a abril de 2000. Evidenciou-se que a maior pane dos trabalhadores possuem entre 31 e 50 anos, são femininos, casados, com renda familiar igual ou menor a 9 salários mínimos. Grande parte atua na clínica médica e trabalha pela manhã; a maioria possui 10 anos ou mais de profissão e 10 ou mais anos de serviço institucional. 49% das ausências ao trabalho ocorreram por doença; a maioria verbalizou estar satisfeita com o trabalho. Quanto as respostas sobre a legislação relacionada à saúde e segurança no trabalho, a maioria dos sujeitos verbalizou conhecer alguns aspectos sobre a mesma embora tenha sido constatado um não entendimento sobre o seu real significado, pois as respostas estavam confusas, constatando-se referências avárias outras situações não necessariamente relacionadas com a saúde e segurança. A maior parte apresenta também um entendimento sobre AT que lembra a definição legal, embora incompleta. Os riscos ocupacionais a que mencionaram estar mais expostos são os psicossociais, psicológicos e cognitivos (38,5%) e os mais citados foram relacionamento humano (64%), satisfação no ambiente de trabalho (58%) e carga de trabalho (58%). Em relação aos AT, foram (continuação) encontrados 123 trabalhadores que relataram ter sofrido AT nos últimos cinco anos, com total de 65 reincidências. A maior porcentagem de acidentados no período noturno (100%), maior número de acidentados na clínica médica (79%) para todo o grupo de profissionais, 71,6% dos AT ocorreram ou na enfermaria (42,3%) ou no posto de enfermagem (29,3%). Os acidentes de trajeto mostraram-se menores (6,5%) em relação aos demais. 80,5% dos acidentados atribui a responsabilidade do AT às condições de trabalho. Para todo o grupo com AT no período, houve 10,6% de comunicação do AT. Os motivos para a não comunicação foram: a não existência da CIPA no hospital (44,5%), o desconhecimento a quem notificar (20%), a falta de orientação (12,7%), a lesão ter sido pequena, julgada sem importância (11,8%) e o julgamento de que nada iria adiantar (10,9%). A verbalização de não "sabia a quem notificar" aparece em 20% dos casos, 13% dos acidentados precisaram se afastar em decorrência do AT. O estudo foi o primeiro realizado nainstituição abordando os trabalhadores de enfermagem, os seus problemas específicos, detectando os principais riscos ocupacionais aos quais se submetem, constatando o seu desconhecimento sobre vários aspectos de importância fundamental para a saúde dos trabalhadores
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.06.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NICOLETE, Maria das Graças de Paiva; ROBAZZI, Maria Lúcia do Carmo Cruz. Acidentes de trabalho: um estudo do conhecimento e ocorrência acidentária entre trabalhadores de enfermagem de um hospital geral do Rio Grande do Norte. 2001.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2001.
    • APA

      Nicolete, M. das G. de P., & Robazzi, M. L. do C. C. (2001). Acidentes de trabalho: um estudo do conhecimento e ocorrência acidentária entre trabalhadores de enfermagem de um hospital geral do Rio Grande do Norte. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Nicolete M das G de P, Robazzi ML do CC. Acidentes de trabalho: um estudo do conhecimento e ocorrência acidentária entre trabalhadores de enfermagem de um hospital geral do Rio Grande do Norte. 2001 ;
    • Vancouver

      Nicolete M das G de P, Robazzi ML do CC. Acidentes de trabalho: um estudo do conhecimento e ocorrência acidentária entre trabalhadores de enfermagem de um hospital geral do Rio Grande do Norte. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020