Exportar registro bibliográfico

A controvérsia do planejamento na economia brasileira: a retórica como instrumento de formação de crenças (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: DIB, DARWIN SALLAS - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAE
  • Subjects: ECONOMIA; RETÓRICA; PLANEJAMENTO ECONÔMICO
  • Language: Português
  • Abstract: O capítulo I pretendeu explicitar em primeiro lugar uma forma de representação do uso da retórica no âmbito do esquema de comunicação entre dois agentes: o receptor e o emissor da mensagem. Pretendeu-se também definir que a necessidade de adaptação da mensagem à audiência é um imperativo derivado da existência de crenças pré-estabelecidas e fora do controle racional dos agentes. No contexto do esquema de comunicação entre dois agentes (cuja origem é a ciência cognitiva) pretendeu-se também esquematizar os graus de sujeição do emissor às crenças do receptor de modo a visualizar de modo mais claro as varias possibilidades abertas com o uso da retórica, uma delas de desvirtuamento do processo de presuasão - quando o papel do emissor degenera de líder para liderado no processo de formação de crenças. A aplicação empírica da análise retórica (realizada no capítulo III tendo como objeto de estudo a Controvérsia do Planejamento, evidenciou primordialmente o efetivo uso de técnicas de argumentação retórica por parte dos participantes do debate. Outro aspecto evidenciado foi a adaptação de ambos os emissores às crenças difundidas da platéia em questão. Esta adaptação foi evidenciada através da semelhança das estratégias retóricas de ambos os oponentes do debate, apesar do flagrante antagonismo das recomendações concretas de política econômica. Ainda sob o aspecto de uma melhor identificação do uso da retórica, o capítulo I pretendeu definir o conceito de"idéia-núcleo" (A) - isenta de componentes de retórica - e da idéia adaptada à audiência (Â) - mais próxima das crenças pré-estabelecidas da platéia. A análise da Controvérsia permitiu verificar a possibilidade concreta de decompor um determinado discurso em subconjuntos de proposições que podem ser enquadradas nas especificações da idéia original, pretendida pelo emissor, e da idéia adaptada para as crenças da audiência. ) Acredita-se que esta forma de identificar os subconjuntos de idéias presentes num determinado discurso possa auxiliar na análise retórica em economia. Do ponto de vista do levantamento da conjuntura histórica que propiciou a efetivação da Controvérsia (apresentado no capítulo II) ficou evidenciada a importância de uma massa crítica de interesses envolvidos para dar início à Controvérsia, formando assim, o conjunto de razões que possibilitam a própria existência deste debate econômico fora das fronteiras acadêmicas. Acredita-se também que a análise da Controvérsia e do comportamento dos debatedores exemplifica claramente a exigência de inteligibilidade do economista no momento em que pretende formular diretivas de política econômica e, portanto, cumprir seu papel profissional além dos muros da comunidade acadêmica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.04.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DIB, Darwin Sallas; FONSECA, Eduardo Giannetti da. A controvérsia do planejamento na economia brasileira: a retórica como instrumento de formação de crenças. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Dib, D. S., & Fonseca, E. G. da. (2001). A controvérsia do planejamento na economia brasileira: a retórica como instrumento de formação de crenças. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Dib DS, Fonseca EG da. A controvérsia do planejamento na economia brasileira: a retórica como instrumento de formação de crenças. 2001 ;
    • Vancouver

      Dib DS, Fonseca EG da. A controvérsia do planejamento na economia brasileira: a retórica como instrumento de formação de crenças. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021