Exportar registro bibliográfico

A imprensa na transição de regimes autoritários: estudo de dois casos : Brasil e Chile (1994)

  • Authors:
  • Autor USP: CORTES, VERONICA PATRICIA ARAVENA - PROLAM
  • Unidade: PROLAM
  • Subjects: JORNALISMO POLÍTICO; POLÍTICA DE INFORMAÇÃO; LINGUAGEM JORNALÍSTICA; IDEOLOGIA POLÍTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Partindo da premissa de que os meios de comunicação cumprem um papel fundamental na sociedade contemporânea como mediadores entre os processos políticos e a sociedade civil, procuramos observar como a grande imprensa escrita se posiciona em épocas de instabilidade política. Alguns países da América Latina passaram pelos mesmos processos de desenvolvimento nas últimas décadas, muito marcado com os regimes burocráticos autoritários em vigor nas décadas de 60 a 80, inclusive no que se refere à estrutura dos meios de comunicação. Desta forma procuramos pesquisar a imprensa durante as transições democráticas, por entender que é um momento fundamental na história atual de alguns países latino-americanos, pois vemos que muitas das dificuldades que os governos enfrentam estão relacionadas com a forma de transição que tiveram. Para realizar esta análise estudamos o discurso de primeira página de dois jornais diários em dois países: o Brasil e o Chile. Como pressupostos teóricos trabalhamos as vinculações entre linguagem e ideologia, ao assumirmos a notícia como um discurso jornalístico. Para realizar a análise discursiva , no Chile, escolhemos o jornal El Mercurio e o La Época, o primeiro é o principal jornal conservador do país e apoiou o regime militar desde seus primórdios, o segundo nasceu em 1987, com o firme propósito de lutar pela democracia. No Brasil, estudamos os jornais O Estado de S. Paulo e a Folha de S. Paulo, por terem concepções distintas de sociedade e Estado,naquele momento. No decorrer da análise percebemos que as informações políticas da capa dos jornais estavam intimamente ligadas à crença do veículo na legitimidade da dominação exercida pelo Estado, o que o leva a aceitar e até assumir os valores propostos pelo governo ou a recusá-los
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.11.1994

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CORTES, Verónica Patrícia Aravena; HIRANO, Sedi. A imprensa na transição de regimes autoritários: estudo de dois casos : Brasil e Chile. 1994.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1994.
    • APA

      Cortes, V. P. A., & Hirano, S. (1994). A imprensa na transição de regimes autoritários: estudo de dois casos : Brasil e Chile. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Cortes VPA, Hirano S. A imprensa na transição de regimes autoritários: estudo de dois casos : Brasil e Chile. 1994 ;
    • Vancouver

      Cortes VPA, Hirano S. A imprensa na transição de regimes autoritários: estudo de dois casos : Brasil e Chile. 1994 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020