Exportar registro bibliográfico

Comparação entre coordenadas geográficas-geodésicas transportadas pelo método clássico e por GPS (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: MENZORI, MAURO - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: STT
  • Subjects: GEODÉSIA (CARTOGRAFIA); COORDENADAS TERRESTRES
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho tem o objetivo de apresentar a revisão do clássico procedimento geodésico, adotado pela DSG - Diretoria do Serviço Geográfico do Exército, para o cálculo do transporte de coordenadas geográficas-geodésicas dos vértices da rede fundamental implantados no Brasil entre 1940 e 1970, antes do surgimento das técnicas de posicionamento. Neste trabalho, uma aplicação prática do método foi desenvolvida, empregando-o na solução de um problema específico da projeção cartográfica UTM, que é o transporte de coordenadas na passagem do limite entre fusos. Para isto foi escolhida uma área localizada na divisa entre os municípios de São Carlos e Ibaté no Estado de São Paulo, atravessada pelo meridiano de 48º, limite entre os fusos 22 e 23 desta projeção. Na área implantou-se duas bases geodésicas determinadas através de técnicas de observação do Sistema de Posicionamento Global, sendo uma base posicionada no fuso 22 e outra no fuso 23. Inicialmente, entre estas bases, desenvolveu-se uma poligonal de adensamento constituída de 7 vértices, que teve seus lados e ângulos observados com estação total, possibilitando o cálculo de suas coordenadas geográficas-geodésicas pelo método clássico em pauta. Numa segunda etapa do trabalho, foram observados com receptores GPS de uma freqüência, os 8 vetores relativos aos lados da poligonal de adensamento, empregando o método diferencial estático. Cada um dos 7 vértices da poligonal teve suas coordenadasgeográficas-geodésicas determinadas por pós-processamento, permitindo a comparação entre os resultados obtidos nos dois procedimentos utilizados. Na etapa final, comparando-se os resultados obtidos pelos dois diferentes métodos, pode-se verificar que apesar da técnica em desuso empregada pelo método clássico, ela conduziu os cálculos com o rigor e aproximação adequados, produzindo coordenadas de valores significativamente próximos aos valores determinados pela mais ) avançada tecnologia empregada nos dias atuais que é a tecnologia GPS
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.04.2001
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MENZORI, Mauro; SEGANTINE, Paulo César Lima. Comparação entre coordenadas geográficas-geodésicas transportadas pelo método clássico e por GPS. 2001.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2001. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18137/tde-08122015-104610/pt-br.php >.
    • APA

      Menzori, M., & Segantine, P. C. L. (2001). Comparação entre coordenadas geográficas-geodésicas transportadas pelo método clássico e por GPS. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18137/tde-08122015-104610/pt-br.php
    • NLM

      Menzori M, Segantine PCL. Comparação entre coordenadas geográficas-geodésicas transportadas pelo método clássico e por GPS [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18137/tde-08122015-104610/pt-br.php
    • Vancouver

      Menzori M, Segantine PCL. Comparação entre coordenadas geográficas-geodésicas transportadas pelo método clássico e por GPS [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18137/tde-08122015-104610/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021