Exportar registro bibliográfico

Seleção de sítios visando a implantação de aterros sanitários com base em critérios geológicos, geomorfológicos e hidrológicos (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: NASCIMENTO, MARIA CANDIDA BARBOSA DO - IGC
  • Unidade: IGC
  • Sigla do Departamento: GGE
  • Subjects: RESÍDUOS SÓLIDOS; HIDROLOGIA URBANA
  • Language: Português
  • Abstract: A disposição de resíduos sólidos urbanos, principalmente nas grandes metrópoles, tornou-se um dos principais problemas da administração pública e da sociedade em geral. Mundialmente, nos países desenvolvidos e naqueles em desenvolvimento, a principal forma de disposição dos resíduos urbanos é em aterros sanitários e aterros descontrolados, respectivamente. Com exceção dos países essencialmente urbanizados, como o Japão que encaminha somente 20% do total de resíduos gerados, a Suíça 12%, Suécia 35% e a Dinamarca 31%. Países como a Alemanha, Holanda e França encaminham em média 50% do volume gerado. A Itália, Reino Unido, Noruega, Áustria, Estados Unidos e África do Sul encaminham taxas superiores a 60%. Canadá, Polônia e Brasil encaminham praticamente 100% dos resíduos urbanos gerados. No Estado de São Paulo, dentre os 643 municípios, 324 (50,4%) lançam seus resíduos na forma de lixão, 136 (21,1%) em aterros controlados e apenas 183 (28,5%) em aterros sanitários. É de consenso geral que a tendência a curto e médio prazo para a disposição de resíduos urbanos continuará sendo na forma de aterros sanitários, principalmente nos países com disponibilidade em área. Trata-se de um método relativamente econômico, de tecnologia amplamente conhecida e eficiente quanto à proteção do ambiente natural, se obedecidos os critérios para a seleção de áreas, implantação e operação e encerramento das atividades. Os sítios de deposição de resíduos que operam inadequadamentevem diminuindo no mundo. Por outro lado, eles estão se tornando bem maiores e estão sendo operados com tecnologias muito mais sofisticadas. A principal proposta desta pesquisa é de contribuir no estabelecimento e divulgação de critérios geológicos, geomorfológicos e hidrológicos a serem adotados para a seleção de sítios para aterros sanitários, pois sabe-se que a locação de sítios é uma das etapas mais difíceis e complexas do gerenciamento de resíduos sólidos. ) A primeira parte desta pesquisa buscou atingir os principais temas relacionados direta e indiretamente à disposição de resíduos e suas principais interferências com o meio físico, destacando-se a poluição do solo e conseqüente poluição das águas superficiais e subterrâneas ocasionada pelo chorume, produto de decomposição dos resíduos. Os temas abordados se relacionaram a definições e discussões à respeito das diversas classificações de resíduos sólidos, seus principais produtos de decomposição, os mecanismos de migração para as águas subterrâneas, suas principais formas de disposição no solo, e os diferentes métodos utilizados para a seleção de sítios. O principal objetivo da pesquisa foi o estudo de casos, onde os procedimentos de seleção de sítios foram avaliados em municípios que sofreram o processo de escolha de áreas para aterros sanitários. Como estudos de casos foram discutidos os processos de seleção dos municípios de Juiz de Fora/MG, Ilhéus/BA e São Paulo/SP. A partir destes exemplosconcluiu-se que a situação fisiográfica ideal, é a de anfiteatros amplos (com baixa a média declividade), em cabeceiras de drenagem, desenvolvidas sobre rochas pouco permeáveis (com baixa porosidade primária e/ou secundária) e com espessas coberturas de material rico em argilo-minerais. Portanto, a prospeção de locais favoráveis para deposição de resíduos sólidos (neste caso, domésticos), envolve a análise geomorfológica e hidrográfica dos municípios, procurando áreas de divisores de água em cotas altas, seguida pela investigação geológica do substrato rochoso e do seu material de cobertura. O material rochoso deve ser caracterizado quanto a sua natureza (identificação litológica) e, principalmente, com relação à sua porosidade e permeabilidade, o que requer a caracterização estrutural da rocha (identificação e mapeamento de descontinuidades, como porosidade primária, planos de estratificação, fraturas e ) falhas. Para testar a eficácia dos procedimentos de seleção e a posterior operação, foi escolhido o aterro sanitário São João, situado no município de São Paulo, que está em operação desde dezembro de 1992. Apesar deste aterro ter sofrido processo seletivo de áreas seguindo critérios técnicos, os dados de monitoramento das águas superficiais e subterrâneas mostram que a operação deste aterro afetou a qualidade destas águas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.03.2001
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NASCIMENTO, Maria Candida Barbosa do; DUARTE, Uriel. Seleção de sítios visando a implantação de aterros sanitários com base em critérios geológicos, geomorfológicos e hidrológicos. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44133/tde-05102015-145501/pt-br.php >.
    • APA

      Nascimento, M. C. B. do, & Duarte, U. (2001). Seleção de sítios visando a implantação de aterros sanitários com base em critérios geológicos, geomorfológicos e hidrológicos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44133/tde-05102015-145501/pt-br.php
    • NLM

      Nascimento MCB do, Duarte U. Seleção de sítios visando a implantação de aterros sanitários com base em critérios geológicos, geomorfológicos e hidrológicos [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44133/tde-05102015-145501/pt-br.php
    • Vancouver

      Nascimento MCB do, Duarte U. Seleção de sítios visando a implantação de aterros sanitários com base em critérios geológicos, geomorfológicos e hidrológicos [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44133/tde-05102015-145501/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021