Exportar registro bibliográfico

Caracterização magneto-óptica de terras raras ('Nd POT.3+' e 'Yb POT.3+') em LiNb'O IND.3' (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: CRUZ, CLÁUDIA BONARDI KNIPHOFF DA - IFSC
  • Unidade: IFSC
  • Sigla do Departamento: FFI
  • Assunto: MATÉRIA CONDENSADA
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho, apresentamos resultados da caracterização Magneto-Óptica de íons terras-raras ('Nd POT.3+' e 'Yb POT.3+') em monocristais de niobato de lítio (LiNb'O IND.3'). Medidas de Dicroísmo Circular Magnético (MCD) e de Emissão Circularmente Polarizada em Presença de Campo Magnético (MCPE) foram realizadas pela primeira vez nesses sistemas. Os resultados foram obtidos à temperatura de 2K, e em campos magnéticos de até 5 T. Através desses estudos, foi possível identificar os números quânticos cristalinos ('mu') dos subníveis Zeeman desses íons. A partir da dependência do sinal de MCD com a intensidade de campo magnético, determinou-se o fator giromagnético efetivo 'g IND.//' do estado fundamental de cada íon, obtendo-se os valores: 'g IND.//Nd' = (1,4 '+ OU -' 0,1) e 'g IND.// Yb' = (4,7 '+ OU -' 0,1). Esses valores foram confirmados através de medidas de espectroscopia de Ressonância Paramagnética Eletrônica (EPR), realizadas a baixa temperatura (4-8 K), em banda X. Os espectros de EPR foram tomados em função da orientação relativa do campo magnético externo com o eixo c cristalino dos cristais, em 3 planos perpendiculares entre si. Os espectros de EPR mostram a existência de diferentes sítios ocupados pelos íons terras-raras. O sítio mais populado tem simetria axial, e para esse centro determinaram-se os fatores g efetivos 'g IND.// Nd' = (1,440 '+ OU -' 0,005) e g Nd = (2,959 '+ OU -' 0,004), para o íon 'Nd POT.3+', e 'g IND.// Yb' = (4,705 '+ OU -'0,008) e g Yb = (2,693 '+ OU -' 0,005) para o íon 'Yb POT.3+'. Espectros de MCD e MCPE obtidos para um cristal de rubi ilustram as convenções utilizadas e atestam que o sistema experimental funciona adequadamente. Os espectros obtidos nessa amostra também são originais, tendo sido resolvidas as transições permitidas com luz circularmente polarizada entre os subníveis Zeeman ) correspondentes aos níveis de energia 'ANTPOT.4 A IND.2' e E ('ANTPOT.2 E') do íon 'Cr POT.3+'
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.04.2001
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BONARDI, Cláudia; TERRILE, Maria Cristina. Caracterização magneto-óptica de terras raras ('Nd POT.3+' e 'Yb POT.3+') em LiNb'O IND.3'. 2001.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2001. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-29012010-152019/ >.
    • APA

      Bonardi, C., & Terrile, M. C. (2001). Caracterização magneto-óptica de terras raras ('Nd POT.3+' e 'Yb POT.3+') em LiNb'O IND.3'. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-29012010-152019/
    • NLM

      Bonardi C, Terrile MC. Caracterização magneto-óptica de terras raras ('Nd POT.3+' e 'Yb POT.3+') em LiNb'O IND.3' [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-29012010-152019/
    • Vancouver

      Bonardi C, Terrile MC. Caracterização magneto-óptica de terras raras ('Nd POT.3+' e 'Yb POT.3+') em LiNb'O IND.3' [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-29012010-152019/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021