Exportar registro bibliográfico

O mítico e o político na arte no Cone Sul: análise comparada da obra plástica de Antonio Seguí - Córdoba, Argentina e Humberto Espíndola - Mato Grosso do Sul, Brasil (1993)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BERTOLI, MARIZA - PROLAM
  • Unidades: PROLAM
  • Subjects: SOCIOLOGIA DA ARTE; ARTES; PINTURA (CRÍTICA;APRECIAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: O motivo desta dissertação é destacar o efeito estético como ato de solidariedade, apontando na malha simbólica, através da pintura de Humberto Espíndola e de Antonio Seguí, os nexos de sentido que configuram uma face da identidade cultural. A análise é conduzida observando a constituição do sujeito dentro da relação simbólica, tendo a imagem como anteparo. Considera-se no plano da visualidade, a presença virtual de um enunciador que faz dos seus enunciantes atores sociais com quem o receptor identifca-se. Trata-se de uma discussão sobre o mítico e o político e a sua confluência na trajetória dos personagens - tipo que constituem os núcleos temáticos, tal como se revelam na construção da imagem, envolvendo história e memória cultural
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.12.1993

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BERTOLI, Mariza; GONÇALVES, Lisbeth Rebollo. O mítico e o político na arte no Cone Sul: análise comparada da obra plástica de Antonio Seguí - Córdoba, Argentina e Humberto Espíndola - Mato Grosso do Sul, Brasil. 1993.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1993.
    • APA

      Bertoli, M., & Gonçalves, L. R. (1993). O mítico e o político na arte no Cone Sul: análise comparada da obra plástica de Antonio Seguí - Córdoba, Argentina e Humberto Espíndola - Mato Grosso do Sul, Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Bertoli M, Gonçalves LR. O mítico e o político na arte no Cone Sul: análise comparada da obra plástica de Antonio Seguí - Córdoba, Argentina e Humberto Espíndola - Mato Grosso do Sul, Brasil. 1993 ;
    • Vancouver

      Bertoli M, Gonçalves LR. O mítico e o político na arte no Cone Sul: análise comparada da obra plástica de Antonio Seguí - Córdoba, Argentina e Humberto Espíndola - Mato Grosso do Sul, Brasil. 1993 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020