Exportar registro bibliográfico

Esclerodermia sistêmica: estudo da fibrose miocárdica em pacientes sem sinais ou sintomas de cardiopatia (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: FERNANDES, FABIO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCP
  • Subjects: CARDIOLOGIA; SINAIS E SINTOMAS
  • Language: Português
  • Abstract: Esclerodermia sistêmica (ES) é caracterizada pela fibrose da pele e órgãos internos. O objetivo foi estudar a fibrose miocárdica na ES em pacientes sem sinais ou sintomas de cardiopatia, e relacionar os achados com dados demográficos, clínicos e laboratoriais. Foram estudados 16 pacientes com ES e um grupo controle. Com a biópsia obteve-se tecido miocárdico. O colágeno intersticial e perivascular foi quantificado por videomorfometria. Encontramos aumento da fibrose miocárdica intersticial em 94% dos pacientes. Não houve correlação da fibrose com dados demográficos, clínicos e laboratoriais. Concluímos que existe remodelamento cardíaco em pacientes com ES assintomáticos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.04.2001

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDES, Fábio; MADY, Charles. Esclerodermia sistêmica: estudo da fibrose miocárdica em pacientes sem sinais ou sintomas de cardiopatia. 2001.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.
    • APA

      Fernandes, F., & Mady, C. (2001). Esclerodermia sistêmica: estudo da fibrose miocárdica em pacientes sem sinais ou sintomas de cardiopatia. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Fernandes F, Mady C. Esclerodermia sistêmica: estudo da fibrose miocárdica em pacientes sem sinais ou sintomas de cardiopatia. 2001 ;
    • Vancouver

      Fernandes F, Mady C. Esclerodermia sistêmica: estudo da fibrose miocárdica em pacientes sem sinais ou sintomas de cardiopatia. 2001 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021