Exportar registro bibliográfico

Avaliação da nebulização e abertura de cortinas na redução da temperatura do ar em ambiente protegido (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: FURLAN, RAQUEL APARECIDA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LER
  • Subjects: CONSTRUÇÕES RURAIS; ENGENHARIA AGRÍCOLA; CULTIVO PROTEGIDO
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo geral desse trabalho foi o de avaliar o efeito de diferentes manejos de cortinas e sistemas de resfriamento na redução da temperatura do ar interna de ambientes protegidos. Esse trabalho foi realizado em ambientes protegidos com solonu na área experimental do Departamento de Engenharia Rural, da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", da Universidade de São Paulo em Piracicaba, SP. Os ambientes protegidos foram instalados no sentido leste-oeste, com dimensões de 6,4 m de largura por 17,5 m de comprimento. A avaliação da distribuição espacial da temperatura do ar (em graus centígrados) no interior do ambiente protegido foi avaliada através da medição com termopares (cobre-constantã) instalados formando malhas, com espaçamento horizontal entre eles de 3,0m e nas alturas de 0,5m, 1,0m, 2,0m, 3,0m e 4,0m em relação ao solo, constituindo um conjunto de 78 pontos de amostragem. Os valores de temperatura do ar foram armazenados em um sistema de aquisição de dados. A nebulização em ambientes protegidos mostrou-se eficaz no processo de redução de temperaturas do ar durante o seu acionamento. A combinação do manejo de cortinas e nebulização foi o sistema mais eficiente na redução de temperatura do ar e pode reduzir a temperatura do ar no ambiente protegido a níveis muito próximos à temperatura do ar externa e em alguns casos a temperaturas abaixo da mesma. O efeito na redução de temperatura média do ar no ambiente protegido causado pela abertura da janelazenital foi maior com a menor abertura das cortinas laterais devido ao processo convectivo ou "efeito termo-sifão". A distribuição da temperatura média do ar no ambiente protegido com as cortinas laterais abertas a 3,0m de altura praticamente não foi modificada pela abertura da cortina zenital, principalmente quando a velocidade de vento externo era superior a 2,0m/s. A análise da distribuição da temperatura do ar por meio de isotermas permitiu ) uma visão global instantânea do processo de redução de temperatura do ar. Através das isotermas observou-se que a distribuição de temperatura do ar no ambiente protegido não é homogênea e a escolha do local ideal para instalação de sensores para medidas dos elementos meteorológicos é um aspecto importante a ser considerado. Nesse estudo, o sensor que correspondeu a medida de temperatura média do ar no ambiente protegido com as cortinas laterais fechadas estava localizado no centro do ambiente protegido, a 1,0m de altura em relação ao nível do solo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.03.2001
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FURLAN, Raquel Aparecida; FOLEGATTI, Marcos Vinícius. Avaliação da nebulização e abertura de cortinas na redução da temperatura do ar em ambiente protegido. 2001.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2001. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-26072002-165831 >.
    • APA

      Furlan, R. A., & Folegatti, M. V. (2001). Avaliação da nebulização e abertura de cortinas na redução da temperatura do ar em ambiente protegido. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-26072002-165831
    • NLM

      Furlan RA, Folegatti MV. Avaliação da nebulização e abertura de cortinas na redução da temperatura do ar em ambiente protegido [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-26072002-165831
    • Vancouver

      Furlan RA, Folegatti MV. Avaliação da nebulização e abertura de cortinas na redução da temperatura do ar em ambiente protegido [Internet]. 2001 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11143/tde-26072002-165831

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021