Exportar registro bibliográfico


Metrics:

A municipalização dos serviços de saúde no Estado de Mato Grosso: evolução e desafios (2000)

  • Authors:
  • Autor USP: COSTA, WILDCE DA GRAÇA ARAÚJO - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • DOI: 10.11606/T.6.2020.tde-01042020-104917
  • Subjects: SISTEMA DE SAÚDE; ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo tem por objeto a municipalização dos serviços de saúde no estado de Mato Grosso, no período de 1994 a 1998 e objetiva analisá-lo tendo como referência o efetivo desempenho dessa política nos 11 (onze) municípios do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Teles Pires considerados referências na saúde estadual. Trata-se de um estudo descritivo utilizando-se dos procedimentos técnicos do delineamento do tipo documental, onde a municipalização dos serviços de saúde nos municípios do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Teles Pires é analisada a partir da evolução capacidade física instalada, da produção de serviços, da capacidade financeira, dos gastos com saúde e da situação dos recursos humanos no sistema municipal de saúde. O entendimento da municipalização como estratégia política de descentralização e de organização dos serviços de saúde e transformação do modelo de atenção a saúde impõe a discussão dos aspectos conceituais da municipalização, o resgate da história recente da saúde no cenário regional e nacional. Descreve ainda, o estado de Mato Grosso, a partir da caracterização geográfica, ocupação territorial, evolução econômica e demográfica recente e os municípios do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Teles Pires nas dimensões geográfica, econômica, demográfica e de condições de vida. A análise dos dados é quantitativa no que diz respeito a capacidade da rede física, a produção dos serviços de saúde, a situação dos recursos humanos e o grau de autonomia financeira municipal em relação as outras esferas de governo.A descrição do processo histórico da municipalização e do efetivo desempenho dessa política nos municípios do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Teles Pires permite mostrar os avanços e apontar as tendências e os desafios da municipalização da saúde no estado de Mato Grosso proporcionados após a implantação da Norma Operacional Básica (NOB) 01/93, referência da municipalização no Brasil.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.12.2000
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2020.tde-01042020-104917 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COSTA, Wildce da Graça Araújo; CORNETTA, Vitória Kedy. A municipalização dos serviços de saúde no Estado de Mato Grosso: evolução e desafios. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-01042020-104917 > DOI: 10.11606/T.6.2020.tde-01042020-104917.
    • APA

      Costa, W. da G. A., & Cornetta, V. K. (2000). A municipalização dos serviços de saúde no Estado de Mato Grosso: evolução e desafios. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-01042020-104917
    • NLM

      Costa W da GA, Cornetta VK. A municipalização dos serviços de saúde no Estado de Mato Grosso: evolução e desafios [Internet]. 2000 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-01042020-104917
    • Vancouver

      Costa W da GA, Cornetta VK. A municipalização dos serviços de saúde no Estado de Mato Grosso: evolução e desafios [Internet]. 2000 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-01042020-104917

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021