Exportar registro bibliográfico

Candidose eritematosa bucal em portadores de prótese e pacientes com AIDS: freqüência, produção e caractarização de exoenzimas de leveduras do gênero candida (2000)

  • Authors:
  • Autor USP: ALEVA, NATANAEL ÁTILAS - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODE
  • Subjects: DIAGNÓSTICO BUCAL; CANDIDÍASE; SÍNDROME DE IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA; ENZIMAS
  • Language: Português
  • Abstract: Candidose eritematosa é uma lesão feqüentemente observada em associação com a prótese total superior, bem como, em pacientes com Aids. Sua etiopatogenia é ainda pouco conhecida sendo uma das suas possibilidades a capacidade de C. albicans produzir exoenzimas como proteinase e fosfolipase, os chamados fatores de virulência. Procurou-se assim esclarecer a possível relação entre as exoenzimas avaliadas e a manifestação clínica de candidose eritematosa com aspectos clínicos semelhantes porém em diferentes condições, sendo que, em pacientes portadores de prótese total (grupo I) predominam os fatores locais enquanto nos pacientes portadores de Aids (grupo II) as alterações sistêmicas. Formou-se o grupo I com 30 pacientes portadores de prótese total e o grupo II com 21 pacientes com Aids, ambos com candidose eritematosa. Empregou-se testes para identificação de leveduras bem como avaliou-se os níveis de produção das exoenzimas fosfolipase e proteinase, além de realizar a eletroforese em SDS-PAGE. Como resultado observou-se que candidose eritematosa ocorre numa freqüência de 71,4 a 72,4 por cento nos grupos I e II, respectivamente e que C. albicans foi a espécie mais encontrada, produzindo níveis mais altos de fosfolipase e proteinase em ambos os grupos. As amostras do grupo I produziram significativamente mais proteinase que as do grupo II, e quanto à produção de fosfolipase não houve diferenças significativas. Com exceção de C.albicans, as demais espécies encontradasnão produziram fosfolipase. O estudo das bandas protéicas dos sobrenadantes das culturas de C. albicans fortemente produtoras de proteinase, mostrou que a proteina extracelular produzida, em ambos os grupos, apresentou pesos moleculares semelhantes, sugerindo a presença de proteinase. ) Pode-se concluir que a manifestação clínica da candidose eritematosa parece estar relacionada com a produção de proteinase, pela sua presença em ambos os grupos bem como pela sua ação sobre os tecidos, sendo que os inibidores de proteinase utilizados no tratamento da Aids podem ter um papel importante na produção de exoenzimas por Candida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.12.2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALEVA, Natanael Átilas; BIRMAN, Esther Goldenberg. Candidose eritematosa bucal em portadores de prótese e pacientes com AIDS: freqüência, produção e caractarização de exoenzimas de leveduras do gênero candida. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Aleva, N. Á., & Birman, E. G. (2000). Candidose eritematosa bucal em portadores de prótese e pacientes com AIDS: freqüência, produção e caractarização de exoenzimas de leveduras do gênero candida. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Aleva NÁ, Birman EG. Candidose eritematosa bucal em portadores de prótese e pacientes com AIDS: freqüência, produção e caractarização de exoenzimas de leveduras do gênero candida. 2000 ;
    • Vancouver

      Aleva NÁ, Birman EG. Candidose eritematosa bucal em portadores de prótese e pacientes com AIDS: freqüência, produção e caractarização de exoenzimas de leveduras do gênero candida. 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021