Exportar registro bibliográfico

Caracterização de dois isolados de Pratylenchus coffeae coletados no Brasil (2001)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, ROSANGELA APARECIDA DA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LEF
  • Subjects: PLANTAS ESTIMULANTES; PARASITOS DE PLANTAS
  • Language: Português
  • Abstract: Variações morfológicas e biológicas são observadas entre os isolados de Pratylenchus coffeae, o nematóide das lesões radiculares do cafeeiro, indicando a existência de raças dentro da espécie. Este estudo foi realizado com o objetivo de caracterizar dois isolados de P. coffeae coletados do Brasil. Um dos isolados foi coletado de raízes de cafeeiro em Marília, SP, e o outro de raízes de Aglaonema sp. no Rio de Janeiro, RJ. Ambos isolados foram multiplicados em calos de alfafa no laboratório. Sete experimentos foram conduzidos com o objetivo de caracterizar os isolados através de seus hospedeiros. Os resultados mostraram que esses isolados são muito diferentes do isolado típico de Pratylenchus coffeae, uma vez que a taxa reprodutiva foi baixa banana e citros. Além disso, a população do isolado do Rio de Janeiro diminuiu no cafeeiro, o qual é um hospedeiro típico de Pratylenchus coffeae, porém aumentou em gergelim, um hospedeiro desfavorável desse nematóide. Baseado nos resultados da caracterização biológica, a qual mostrou que o cafeeiro é um hospedeiro desfavorável para ambos isolados, um experimento foi conduzido como objetivo de definir a importância desses nematóides como patógeno do cafeeiro. Plantas de cafeeiro cv. Mundo Novo receberam 8.000 nematóides de cada isolado, o crescimento das plantas, peso fresco das raízes, e peso fresco da parte aérea, foi avaliado 160 e 261 após a inoculação. A reprodução dos nematóides também foi avaliada. Ambosisolados reduziram o crescimento das plantas de cafeeiro, porém houve uma redução na população do nematóide. O efeito do isolado de Marília foi mais danoso do que o do isolado do Rio de Janeiro, resultando em necroses nas raízes e morte de algumas plantas. As características morfológicas também podem ser utilizadas para diferenciar os isolados. Concluiu-se, que ambos isolados são extremamente patogênicos ao cafeeiro e eles podem ser diferenciados de outros isolados ) isolados de P. coffeae através de seus hospedeiros e por características morfológicas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.01.2001
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Rosangela Aparecida da; INOMOTO, Mario Massayuki. Caracterização de dois isolados de Pratylenchus coffeae coletados no Brasil. 2001.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2001. Disponível em: < http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-20181127-161908/ >.
    • APA

      Silva, R. A. da, & Inomoto, M. M. (2001). Caracterização de dois isolados de Pratylenchus coffeae coletados no Brasil. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-20181127-161908/
    • NLM

      Silva RA da, Inomoto MM. Caracterização de dois isolados de Pratylenchus coffeae coletados no Brasil [Internet]. 2001 ;Available from: http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-20181127-161908/
    • Vancouver

      Silva RA da, Inomoto MM. Caracterização de dois isolados de Pratylenchus coffeae coletados no Brasil [Internet]. 2001 ;Available from: http://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-20181127-161908/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021