Exportar registro bibliográfico

Gestante portadora do vírus HIV - vida e significado (2000)

  • Authors:
  • Autor USP: RUGGIERO, ELIETE MARIA SCARFON - ENFERM
  • Unidade: ENFERM
  • Assunto: ENFERMAGEM
  • Language: Português
  • Abstract: Por meio deste estudo, gestantes portadoras do vírus HIV relatam o significado que elas atribuem ao estar grávida, ser soropositiva e frequentar o serviço pré-natal no município de São Carlos - SP. O referencial metodológico adotado é de natureza qualitativa e utiliza como técnicas: entrevista semi-estruturada e observação participante. A análise dos dados foi fundamentada na análise de conteúdo, preconizada por Bardin (1977). Como referência tomamos os aspectos conceituais da mulher, saúde e HIV/AIDS no interior da atenção à saúde da mulher e, baseando-nos nas falas das gestantes entrevistadas, articulamos o significado de ser gestante e portadora do vírus HIV. Foram entrevistadas treze gestantes que participaram do atendimento pré-natal de três Unidades Básicas de Saúde e do Centro Municipal de Especialidades. As gestantes estavam na faixa etária de 20 a 36 anos, a maioria solteiras mas com companheiro fixo; possuíam baixo grau de escolaridade, com início de vida sexual em torno dos 15 anos. A partir da fala foram construídas três categorias: significado que atribuem à assistência pré-natal recebida; significado de estar grávida e soropositiva ao HIV - paradoxo de vida e morte; dificuldades e desafios vivenciados pelas gestantes portadoras do vírus HIV. E observamos que as gestantes desconhecem a doença, possuem conflitos de vida e morte em relação a elas e aos filhos, são vulneráveis à contaminação, sentem-se muitas vezes culpadas mas têm esperança na vida e na cura dadoença. Relatam a maternidade como um fato natural biológico em que a mulher deve exercer sua real função na sociedade. Foi observado nestes depoimentos que a AIDS entre as mulheres evidencia a desigualdadee a inadequação das respostas institucionais a elas. As práticas de saúde têm sido permeadas pela perspectiva de estímulo do exercício dos papéis socialmente atribuídos às mulheres-mãe, esposa e cuidadora - não deixando espaço para ) abordagem dos problemas vivenciados no seu dia-a-dia. É fundamental que os serviços de saúde assumam seu papel de redução da vulnerabilidade feminina ao HIV, fazendo que as mulheres reconheçam seus direitos e lutem por atendimentos de saúde de maior qualidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.09.2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RUGGIERO, Eliete Maria Scarfon; TAVARES, Maria Solange Guarino. Gestante portadora do vírus HIV - vida e significado. 2000.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2000.
    • APA

      Ruggiero, E. M. S., & Tavares, M. S. G. (2000). Gestante portadora do vírus HIV - vida e significado. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Ruggiero EMS, Tavares MSG. Gestante portadora do vírus HIV - vida e significado. 2000 ;
    • Vancouver

      Ruggiero EMS, Tavares MSG. Gestante portadora do vírus HIV - vida e significado. 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021