Exportar registro bibliográfico

Avaliação do consumo de oxigênio e do potencial de membrana mitocondrial do músculo esquelético submetido à isquemia total: estudo experimental em ratos (2000)

  • Authors:
  • Autor USP: BRANDÃO, MARCELO LUIZ - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCO
  • Assunto: CIRURGIA VETERINÁRIA
  • Language: Português
  • Abstract: A caracterização e quantificação das lesões provocadas pela isquemia e/ou reperfusão permanecem pouco definidas. Desde que as extremidades consistem basicamente de músculo esquelético, sua reação à isquemia é o determinante mais importante da viabilidade do membro, tolerando períodos de até 2 h de anóxia. Períodos maiores de isquemia total podem resultar em necrose muscular, sendo que alguns estudos indicam que alterações irreversíveis ocorrem somente após 4 a 6 h. O exato ponto a partir do qual a lesão isquêmica aguda tornar-se-ia irreversível é de grande importância para a prática clínica, não só para o salvamento de membros mas também para o transplante de órgãos. Diversas publicações têm demonstrado que nenhuma lesão irreversível ocorre no músculo esquelético enquanto os níveis de ATP estiverem mantidos. Nesse sentido, as mitocôndrias são consideradas elementos celulares fundamentais, desempenhando importante função no metabolismo energético do músculo-esquelético. Investigações demonstram que a incapacidade de restaurar a função mitocondrial, após a reperfusão, correlaciona-se com uma similar incapacidade em reverter a lesão celular em geral. Deste modo, a recuperação das lesões provocadas pela isquemia depende da integridade mitocondrial. Alterações no curso da transferência de elétrons ao longo da cadeia respiratória teriam graves consequências na mitocôndria e no metabolismo celular, sendo óbvio o prejuízo na produção energética. Observou-seanalisar neste estudo as repercussões da isquemia aguda em relação ao consumo de oxigênio e ao potencial de membrana interna da mitocôndria do músculo esquelético submetido à isquemia total. Estudou-se um grupo de 20 ratos. A pata posterior esquerda foi submetida à isquemia total de 5 h usando-se o modelo do torniquete. A pata contra-lateral foi utilizada como controle. Assim, caracterizaram-se dois grupos: 1. Pata isquêmica (PI) e 2. Pata controle (PC). Ao final ) de 5 h de manutenção do torniquete, à temperatura ambiente, amostras do músculo extensor digital longo foram obtidas da pata isquêmica e, à seguir, da pata controle. Após o isolamento e processamento das frações mitocondriais, estas foram submetidas às análises polarográficas para determinação do consumo de oxigênio - estado 3, estado 4 e razão de controle respiratório (RCR). As mesmas frações mitocondriais também foram utilizadas para medir o potencial da membrana interna mediante o método de fluorescência, usando-se a safranina O (corante catiônico) como indicador. Observa-se queda significante nos valores do estado 3 (PC = 196,47 mais ou menos 57,52 X PI mais 91,63 mais ou menos 23,72; n = 20; p maior 0,01), estado 4 (PC = 54,23 mais ou menos 21,13 X PI = 41,99 mais ou menos 12,32; n = 20; p maior 0,01), da RCR (PC = 4,10 mais ou menos 1,97 X PI = 2,24 mais ou menos 0,45; n = 20; p maior 0,01) e do potencial de membrana mitocondrial (PC = 3,45 mais ou menos 0,77 X PI = 2,42 mais oumenos 0,66; n = 20; p maior 0,01). Conclui-se, de acordo com estes resultados, que a isquemia total de 5 h causa inibição da cadeia respiratória mitocondrial, com simultânea queda nos valores do potencial de membrana, podendo ser este o limite de tempo a partir do qual as lesões na ultra-estrutura e ou função mitocondrial tornar-se-iam irreversíveis
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.07.2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRANDÃO, Marcelo Luiz; PICCINATO, Carlos Eli. Avaliação do consumo de oxigênio e do potencial de membrana mitocondrial do músculo esquelético submetido à isquemia total: estudo experimental em ratos. 2000.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2000.
    • APA

      Brandão, M. L., & Piccinato, C. E. (2000). Avaliação do consumo de oxigênio e do potencial de membrana mitocondrial do músculo esquelético submetido à isquemia total: estudo experimental em ratos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Brandão ML, Piccinato CE. Avaliação do consumo de oxigênio e do potencial de membrana mitocondrial do músculo esquelético submetido à isquemia total: estudo experimental em ratos. 2000 ;
    • Vancouver

      Brandão ML, Piccinato CE. Avaliação do consumo de oxigênio e do potencial de membrana mitocondrial do músculo esquelético submetido à isquemia total: estudo experimental em ratos. 2000 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020