Exportar registro bibliográfico

Avaliação clínica e histológica de pacientes hipertensos com insuficiência renal (2000)

  • Authors:
  • Autor USP: CAETANO, EDNA REGINA SILVA PEREIRA - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCM
  • Subjects: NEFROLOGIA; NEFROPATIAS; DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL; HIPERTENSÃO; INSUFICIÊNCIA RENAL
  • Language: Português
  • Abstract: Realizamos uma avaliação clínica e histológica em 81 pacientes hipertensos com creatinina sérica > 1,5 mg/dL, sem evidência clínica de doença primária renal ou nefropatia isquêmica. Nefroesclerose hipertensiva foi o diagnóstico histológico maisfrequente, ocorreu em 53 pacientes (65%), sendo nefroesclerose benigna em 18 (22%) e nefroesclerose maligna em 35 (43%). Doença primária renal foi observada em 28 pacientes (35%). Nossos resultados sugerem que : 1) nefroesclerose hipertensiva emambas as formas (benigna ou maligna) pode causar insuficiência renal crônica. 2) pacientes com diagnóstico clínico de nefroesclerose hipertensiva podem na verdade ter doença primária renal
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.10.2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAETANO, Edna Regina Silva Pereira; PRAXEDES, José Nery. Avaliação clínica e histológica de pacientes hipertensos com insuficiência renal. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Caetano, E. R. S. P., & Praxedes, J. N. (2000). Avaliação clínica e histológica de pacientes hipertensos com insuficiência renal. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Caetano ERSP, Praxedes JN. Avaliação clínica e histológica de pacientes hipertensos com insuficiência renal. 2000 ;
    • Vancouver

      Caetano ERSP, Praxedes JN. Avaliação clínica e histológica de pacientes hipertensos com insuficiência renal. 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021