Exportar registro bibliográfico

Caracterização das mulheres atendidas em um hospital-escola referência para gestação de alto risco (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TASE, TEREZINHA HIDECO - EE
  • Unidades: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Subjects: MORBIDADE; ENFERMAGEM OBSTÉTRICA; CUIDADO PRÉ-NATAL
  • Language: Português
  • Abstract: Estudo realizado com o intuito de caracterizar a população de mulheres atendidas na Clínica Obstétrica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC), referência para gestação de alto risco. Os objetivos foram: caracterizar asmulheres quanto à idade, escolaridade, raça/etnia, procedência e cuidado pré-natal; verificar as intercorrências durante a gestação e as condições clínicas e obstétricas no período de internação; verificar a morbidade dos recém-nascidos.Utilizou-se o método quantitativo, descritivo e exploratório. A amostra constituiu-se de 392 mulheres e 400 recém-nascidos, os dados foram coletados em março e abril de 1999, utilizando-se dois tipos de Formulários, um para coleta de dados doprontuário da mulher e do recém-nascido e outro para entrevista, analisados de acordo com a frequência absoluta e porcentual e apresentados na forma de tabelas, quadros e figuras. A amostra caracterizou-se por semelhança de mulheresbrancas,pardas e negras; a maioria na faixa etária de 20 a 35 anos; 56,12% frequentaram pelo menos o ensino fundamental; 64,54% referiram mais de uma gestação; 67,61% residiam na cidade de São Paulo, predominantemente na região sul; 93,62%frequentaram algum tipo de assistência pré-natal, sendo 63,26% no HC e 32,91% apresentaram intercorrência durante a gestação. Foram internadas em trabalho de parto 67,09%; 16,84% haviam procurado outras instituições anteriormente à internação;27,96% foram internadas com o concepto vivo, 8,16% emsofrimento e 2,04% com óbito fetal; 74,75% apresentaram patologis isoladas ou associadas, sendo as mais frequentes as síndromes hipertensivas, cardiopatia, rotura das membranas amnióticas ediabetesmellitus gestacional. O parto foi cesárea em 53,06%, cuja principal indicação foi alteração da vitalidade fetal seguida da iteratividade. Quanto aos recém-nascidos, 93,75% nasceram vivos, 3,50% mortos e 2,75% morreram no períodoneonatalprecoce, em ) decorrência de malformações congênitas; 18,11% nasceram prematuros; 20,47% tiveram Índice de Apgar menor ou igual a 7 no primeiro minuto de vida e 6,48% permaneceram deprimidos no quinto minuto; 89,29% tiveram algum tipo deafecção,sendo a icterícia neonatal fisiológica a mais prevalente, seguida das asfixias e das malformações congênitas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.08.2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TASE, Terezinha Hideco; BONADIO, Isabel Cristina. Caracterização das mulheres atendidas em um hospital-escola referência para gestação de alto risco. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Tase, T. H., & Bonadio, I. C. (2000). Caracterização das mulheres atendidas em um hospital-escola referência para gestação de alto risco. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Tase TH, Bonadio IC. Caracterização das mulheres atendidas em um hospital-escola referência para gestação de alto risco. 2000 ;
    • Vancouver

      Tase TH, Bonadio IC. Caracterização das mulheres atendidas em um hospital-escola referência para gestação de alto risco. 2000 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020