Exportar registro bibliográfico

Avaliação de métodos automatizados e manuais para contagem de plaquetas em pacientes plaquetopenicos (2000)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA, RAIMUNDO ANTONIO GOMES - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: HEMATOLOGIA; TÉCNICAS E PROCEDIMENTOS DE LABORATÓRIO; DOENÇAS HEMATOLÓGICAS
  • Language: Português
  • Abstract: Em função da grande tendência em diminuir os limites de corte para se indicar transfusão de plaquetas, e de a contagem destes elementos sanguíneos ainda ser bastante controversa em pacientes trombocitopênicos, procuramos avaliar a exatidão eprecisão de métodos automatizados, manuais diretos e indiretos, para contagem de plaquetas. Esta avaliação foi feita tanto em amostras normais quanto em amostras plaquetopaenicas, tendo como parãmetro de referência os resultados obtidos pelométodo preconizado pelo internat-lonal Commitee of Standardization in Haematology (ICSH 198411988). Nossos resultados demonstraram não haver diferenças significativas entre os aparelhos e o método de reverencia para amostras normais. De mododistinto, nos pacientes plaquetopênicos, apenas o aparelho que se utiliza de dois princípios de contagem (volume e índice de refração), demonstrou boa correlação com o método ICSH nas amostras com menos de 30.000 plaq/m´Mpot.3´. Os demaisaparelhos, que se utilizam apenas da volumetria, não apresentaram resultados -satisfatórios. Os métodos indiretos demonstraram bem menor precisao que os demais. Assim, a falta de concordância de resultados entre os contadores pode dificultar oestabelecimento e uníformização dos limites de contagem de plaquetas para a indicação de transfusão. O uso do método ICSH para amostras severamente plaquetopenicas sujeitas a erros pelos contadores, apesar de menos prático que as estimativasindiretas, ainda é o procedimento maisprudente. A utilização de novos princípios de contagem pelas mais novas gerações de aparelhos tende a tornar mais segura a tomada de decisões para transfusões terapêuticas em pacientes com risco desangramento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.06.2000
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Raimundo Antonio Gomes; BARRETTO, Orlando César de Oliveira. Avaliação de métodos automatizados e manuais para contagem de plaquetas em pacientes plaquetopenicos. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000. Disponível em: < https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-10032020-144624/pt-br.php >.
    • APA

      Oliveira, R. A. G., & Barretto, O. C. de O. (2000). Avaliação de métodos automatizados e manuais para contagem de plaquetas em pacientes plaquetopenicos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-10032020-144624/pt-br.php
    • NLM

      Oliveira RAG, Barretto OC de O. Avaliação de métodos automatizados e manuais para contagem de plaquetas em pacientes plaquetopenicos [Internet]. 2000 ;Available from: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-10032020-144624/pt-br.php
    • Vancouver

      Oliveira RAG, Barretto OC de O. Avaliação de métodos automatizados e manuais para contagem de plaquetas em pacientes plaquetopenicos [Internet]. 2000 ;Available from: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-10032020-144624/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021