Exportar registro bibliográfico

Estudo da avaliação da inibina B como fator prognóstico da intensidade da resposta ovariana à hiperestimulação controlada nos programas de fertilização in vitro (2000)

  • Authors:
  • Autor USP: DZIK, ARTUR - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MOG
  • Subjects: OBSTETRÍCIA; PROGNÓSTICO
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho descreve um novo teste de estímulo para avaliação da reserva ovariana. Através da estimulação ovariana com 300 UI de FSHp no 3º dia do ciclo menstrual, avaliou-se a intensidade da resposta ovariana pelo "delta" inibina B / 24h em 32ciclos terapêuticos de fertilização in vitro. No "screening" das pacientes "Boas respondedoras" e "Más respondedoras". As variáveis FSH, "delta Estradiol / 24h, Inibina B basal e "delta" Inibina B / 24h apresentaram nível descritivo de 0.059,0.040, 0.023 e 0.0024 respectivamente. Nossos resultados sugerem que a avaliação do "delta" Inibina B / 24h foi estisticamente superior à dosagem do FSH basal, "delta" Estradiol /24h e Inibina B basal sendo portanto mais adequada ao "screening"de pacientes "Boas respondedoras" e "Más respondedoras" nos programas de fertilização in vitro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.10.2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DZIK, Artur; IZZO, Vicente Mario Valentino. Estudo da avaliação da inibina B como fator prognóstico da intensidade da resposta ovariana à hiperestimulação controlada nos programas de fertilização in vitro. 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Dzik, A., & Izzo, V. M. V. (2000). Estudo da avaliação da inibina B como fator prognóstico da intensidade da resposta ovariana à hiperestimulação controlada nos programas de fertilização in vitro. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Dzik A, Izzo VMV. Estudo da avaliação da inibina B como fator prognóstico da intensidade da resposta ovariana à hiperestimulação controlada nos programas de fertilização in vitro. 2000 ;
    • Vancouver

      Dzik A, Izzo VMV. Estudo da avaliação da inibina B como fator prognóstico da intensidade da resposta ovariana à hiperestimulação controlada nos programas de fertilização in vitro. 2000 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020