Exportar registro bibliográfico

Estabilização de osteotomia do colo cirúrgico do úmero utilizando quatro tipos de fixação com pinos rosqueados: estudo experimental em fêmures de suínos (2000)

  • Authors:
  • Autor USP: DURIGAN JUNIOR, ALCIDES - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCO
  • Assunto: CIRURGIA ORTOPÉDICA
  • Language: Português
  • Abstract: 0 tratamento da fratura em duas partes do colo cirúrgico do úmero apresenta-se de difícil resolução. Várias das técnicas atuais utilizadas para a fixação interna dão enfase em assegurar uma fixação estável, evitando-se lesões extensas dos tecidosmoles a da irrigação sangüínea do osso utilizando osteossíntese percutânea ou síntese interna minima. 0 objetivo deste trabalho foi realizar um estudo biomecânico para comparar as propriedades mecânicas de quatro diferentes montagens com pinosrosqueados, para a fixação de fraturas em duas partes do colo cirúrgico do úmero. Para o experimento foram utilizados trinta a seis fémures de suíno. Nesses ossos foi simulado uma fratura do colo cirúrgico produzindo-se uma osteotomia oblíqua a4cm do ápice do tubérculo. As fraturas foram reduzidas a fixadas com quatro pinos rosqueados de 3mm de diâmetro em quatro diferentes configurações a divididos em grupos: 1) fixação eom quatro pinos introduzidos através da cortical lateralatingindo a região subcondral da cabeça femoral; 2) fixação com 3 pinos introduzidos através da cortical lateral e um pino através do tubérculo maior, fixando-se distal e medialmente à cortical abaixo da osteotomia; 3) fixação com 2 pinosascendentes pela cortical lateral e 2 pinos paralelos e descendentes, a partir do tubérculo maior fixando-se distal e medialmente, abaixo da osteotomia; 4) fixação com 2 pinos ascendentes pela cortical lateral e 2 pinos cruzados e descendentes,a partir do tubérculomaior fixando-se anterior a posteriormente, abaixo da osteomia. Os modelos foram submetidos a carga axial em máquina universal de testes, e registrados os valores de carga e deformação até um limite de carga aplicada de1500N ou a ocorrência de falha do conjunto. Com a construção de gráficos carga versus deformação máxima, carga, deformação no limite de proporcionalidade, rigidez e resistência. Os valores de carga máxima foram significativamente mais ) elevados no grupo de modelos com fixação através de dois pinos proximais a dois descendentes. A deformação máxima e deformação no limite de proporcionalidade não apresentaram diferenças significantes entre os quatro grupos.Conclui-se que, para este tipo de ensaio mecânico, o novo modelo experimental foi útil e as montagens fixadas com pinos em cruzamento de planos apresentam-se mais estáveis
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.04.2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DURIGAN JÚNIOR, Alcides; BARBIERI, Cláudio Henrique. Estabilização de osteotomia do colo cirúrgico do úmero utilizando quatro tipos de fixação com pinos rosqueados: estudo experimental em fêmures de suínos. 2000.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2000.
    • APA

      Durigan Júnior, A., & Barbieri, C. H. (2000). Estabilização de osteotomia do colo cirúrgico do úmero utilizando quatro tipos de fixação com pinos rosqueados: estudo experimental em fêmures de suínos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Durigan Júnior A, Barbieri CH. Estabilização de osteotomia do colo cirúrgico do úmero utilizando quatro tipos de fixação com pinos rosqueados: estudo experimental em fêmures de suínos. 2000 ;
    • Vancouver

      Durigan Júnior A, Barbieri CH. Estabilização de osteotomia do colo cirúrgico do úmero utilizando quatro tipos de fixação com pinos rosqueados: estudo experimental em fêmures de suínos. 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021