Exportar registro bibliográfico

Raciocínio clínico de graduandos e enfermeiros na construção de diagnósticos de enfermagem (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: JESUS, CRISTINE ALVES COSTA DE - EERP
  • Unidades: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: DIAGNÓSTICO CLÍNICO
  • Language: Português
  • Abstract: O raciocínio diagnóstico é uma das bases para a prática profissional, permitindo que o enfermeiro demonstre engajamento, competência e responsabilidade. Este estudo teve como objetivo principal analisar as estratégias de raciocínio diagnósticoutilizadas por estudantes de enfermagem (novatos a avançados) e enfermeiros frente à simulação clínica computadorizada. Sete estudos de caso foram elaborados e submetidos a um painel de juízes, os quais três foram validados e inseridos numprograma computadorizado escrito em Linguagem de Marcação de Hipertexto (HTML) e Java. A coleta de dados envolveu o uso do computador para preenchimento das simulações clínicas e respostas a um questionário escrito para avaliação do conhecimentoclínico. Participaram da pesquisa 70 indivíduos (26 enfermeiros, 29 estudantes avançados e 15 estudantes novatos). Foram aplicados testes estatísticos para comparar os grupos. Os enfermeiros ativaram. significativamente, mais hipótesesdiagnósticas que os estudantes avançados, e estes, mais que os estudantes novatos, na maioria dos casos. Os enfermeiros também apresentaram maior número de acertos e maiores porcentagens médias de acertos dessas hipóteses comparativamente aosestudantes novatos. Houve forte e significativa correlação entre o número de hipóteses diagnósticas levantadas e a porcentagem de acertos destas hipóteses, nos três grupos. Enfermeiros e estudantes avançados levantaram mais diagnósticosdeenfermagem finais comparativamente aos novatos, na média dos casos. Não houve diferença quanto à porcentagem de acertos de diagnósticos totais entre os grupos, na média dos casos. Os grupos diferiram-se entre si quanto ao tipo de raciocínioutilizado, na maioria dos casos, indicando que os enfermeitos utilizam predominantemente o raciocínio para frente (forward reasoning), comparativamente a ambos os grupos de estudantes. O estudo contém implicações que sugerem a necessidade deincremento ) do tema de diagnósticos no ensino e na prática de enfermeiros e estudantes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.03.2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JESUS, Cristine Alves Costa de; CARVALHO, Emília Campos de. Raciocínio clínico de graduandos e enfermeiros na construção de diagnósticos de enfermagem. 2000.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2000.
    • APA

      Jesus, C. A. C. de, & Carvalho, E. C. de. (2000). Raciocínio clínico de graduandos e enfermeiros na construção de diagnósticos de enfermagem. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Jesus CAC de, Carvalho EC de. Raciocínio clínico de graduandos e enfermeiros na construção de diagnósticos de enfermagem. 2000 ;
    • Vancouver

      Jesus CAC de, Carvalho EC de. Raciocínio clínico de graduandos e enfermeiros na construção de diagnósticos de enfermagem. 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020