Exportar registro bibliográfico

Poder, violência e dominação simbólicos em um serviço público de saúde que atende a mulheres em situação de gestação, parto e puerpério (2000)

  • Authors:
  • Autor USP: PEREIRA, WILZA ROCHA - ENFERM
  • Unidade: ENFERM
  • Assunto: ENFERMAGEM EM SAÚDE PÚBLICA
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa teve por finalidade apreender os processos de construção, instalação e banalização do poder, da violéncia e da dominação simbólicos dentro de um serviço público hospitalar que atende mulheres em situação de gestação, parto epuerpério. Seus objetivos foram a compreensão desses mesmos processos nas vivéncias das mulheres pacientes a nas experiéncias das trabalhadoras da saúde, bem como a apreensão da sua constituição nos aspectos relacionados à organização do espaçofisico a burocrático no contexto hospitalar estudado. O referencial teórico metodológico utilizado foi inspirado na teorização de Pierre Bourdieu sobre poder, violéncia a dominação simbólicos, cujas noções foram, neste trabalho, adaptadas para oestudo das relações que ocorrem entre os(as) trabalhadores(as) a as mulheres usuárias de serviços públicos de saúde. Foram incorporados à teorização de Bourdieu as referéncias conceituais de género a etologia, todas muito imbricadas no processode análise. A análise temática foi a técnica que orientou o tratamento do material empírico. Com base na análise do material coletado através de entrevistas com as usuárias a profissionais de saúde, observação participante, análise deprontuários e filmagem do espaço hospitalar, defini tres unidades de significado. As duas primeiras unidades se concentraram na análise do poder, da violéncia e da dominação simbólicos nas ações e práticas de saúde da medicina e da enfermagem. Aterceira foireservada ao estudo desses elementos na forma como eles estão impressos no ambiente fisico e organizacional do serviço estudado. O quadro analítico da pesquisa apontou, inicialmente, para os processos de construção, banalização enaturalização do poder, da violência e da dominação simbólicos nas práticas de saúde e no espaço físico do serviço estudado. Em sincronia com esses processos, emergiram as diferenças impressas pela aprendizagem de gênero entre as práticas ) médica e de enfermagem, no que diz respeito ao processo de assistir e se relacionar no hospital. Junto à análise das duas primeiras unidades, evidenciou-se a aguda consciéncia das mulheres sobre a fragilidade da sua condição depacientes nos serviços públicos, indicando também as resisténcias e a rejeição dessas à já naturalizada objetificação de suas pessoas pelas práticas de saúde dentro do serviço estudado. Os dados também revelaram, na análise etológica, as muitasadaptações, concessões e mesmo os arranjos feitos pelas mulheres clientes dos serviços públicos para se ajustar ao ambiente hospitalar e a quase inexistente contrapartida do serviço neste mesmo sentido. Portanto, pude concluir que a dominaçãosimbólica, por ser sempre ratificada a partir do olhar dominante, por evidéncias que podem ser atestadas pela precariedade tanto de seu espaço fisico quanto simbólico nos serviços de saúde e por já estar inscrita nas disposições corporais dosindivíduos, bem traduz o valor e a importãnciada clientela feminina para o serviço estudado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.03.2000
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Wilza Rocha; SCAVONE, Lucila. Poder, violência e dominação simbólicos em um serviço público de saúde que atende a mulheres em situação de gestação, parto e puerpério. 2000.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2000. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/83/83131/tde-07012008-153636/ >.
    • APA

      Pereira, W. R., & Scavone, L. (2000). Poder, violência e dominação simbólicos em um serviço público de saúde que atende a mulheres em situação de gestação, parto e puerpério. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/83/83131/tde-07012008-153636/
    • NLM

      Pereira WR, Scavone L. Poder, violência e dominação simbólicos em um serviço público de saúde que atende a mulheres em situação de gestação, parto e puerpério [Internet]. 2000 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/83/83131/tde-07012008-153636/
    • Vancouver

      Pereira WR, Scavone L. Poder, violência e dominação simbólicos em um serviço público de saúde que atende a mulheres em situação de gestação, parto e puerpério [Internet]. 2000 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/83/83131/tde-07012008-153636/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021