Exportar registro bibliográfico

Ritmo circadiano nos comportamentos de mergulho e de transição para o gelo e para a água em focas caranguejeiras (Lobodon carcinophagus) (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ANDRIOLO, ARTUR - FFCLRP
  • Unidades: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: PSICOBIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Considerada um dos mamíferos mais abundantes sobre a terra, a foca caranguejeira teve sua população estimada em torno de 7 milhões de indivíduos. Tem uma distribuição circumpolar e é conhecida como foca de placas de gelo. Pesquisadores tem obtidoinformações sobre os comportamentos de mergulho e de ida para o gelo utilizando transmissores de rádio-freqüência. Novas técnicas tem sido desenvolvidas e usadas como transmissores via satélite e registradores de tempo e profundidade demergulho. A proposta do nosso trabalho é a de testar se as focas caranguejeiras apresentam ritmicidade circadiana para os comportamentos de mergulho e transições para o gelo e para a água. Fizeram parte do estudo de mergulho 5 focascaranguejeiras que foram instrumentadas com um rádio transmissor e um microprocessador-registrador de tempo e profundidade de mergulho (TDR). As séries temporais construídas para cada um dos indivíduos foram submetidas a uma análise espectral deFourier. Em seguida foi aplicado o teste de Cosinor. Para o estudo das transições tivemos 9 focas caranguejeiras instrumentadas com registradores de tempo e pressão hidrostática que transmitem as informações via satélite (SLTDR). Foi calculada afreqüência relativa e a média para cada hora do dia, das transições para o gelo e para a água. Foi montado um plexograma e dividimos o comportamento em duas categorias: a) diurno e b) noturno. Aplicamos análise de variância ANOVA. Teste-t foiusado para a comparação enteadultos e jovens e Teste-t Pareado para a comparação entre o comportamento noturno e diurno. O método do Cosinor foi usado para testar e descrever os aspectos rítmicos das transições. As focas caranguejeirasapresentaram caracteristicamente ritmos circadianos, tanto para o comportamento de mergulho, como para a ida para o gelo e retorno para a água. A correlação do período dos comportamentos de migração do krill, nois sugere o importante papel destena ) sincronização do comportamento da foca. A consistência do ritmo circadiano nas diferentes estações do ano, onde a variação ambiental é grande, sugere fortemente a existência de um relógio biológico. Diferenças entre animais adultose jovens estudados podem ser relacionadas a estratégias diferentes de comportamento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.04.2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ANDRIOLO, Artur; SCHMIDEK, Werner Robert. Ritmo circadiano nos comportamentos de mergulho e de transição para o gelo e para a água em focas caranguejeiras (Lobodon carcinophagus). 2000.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2000.
    • APA

      Andriolo, A., & Schmidek, W. R. (2000). Ritmo circadiano nos comportamentos de mergulho e de transição para o gelo e para a água em focas caranguejeiras (Lobodon carcinophagus). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Andriolo A, Schmidek WR. Ritmo circadiano nos comportamentos de mergulho e de transição para o gelo e para a água em focas caranguejeiras (Lobodon carcinophagus). 2000 ;
    • Vancouver

      Andriolo A, Schmidek WR. Ritmo circadiano nos comportamentos de mergulho e de transição para o gelo e para a água em focas caranguejeiras (Lobodon carcinophagus). 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020