Exportar registro bibliográfico

Julien Sorel: le jeune rouge et noir (uma abordagem semiótica) (2000)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVEIRA, SUZE SILVA - FFLCH
  • Unidades: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLL
  • Subjects: LITERATURA FRANCESA; SEMIÓTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Importa observar, descrever, para então, compreender a maneira pela qual as pessoas definem "situações e como fazem para chegar a termos com as mesmas" - na atribuição a cores, em termos de crenças e valores. Esta tese, apresentada sobre semiótica e literatura, propõe o estudo da cor e seu papel cultural em dada comunidade e, abrangendo os níveis da conceptualização ao uso e convenções instituídas, a recorrência a elas como questionamento e meio de abordagem de temas de valores sócio-políticos na Literatura Francesa. É nestes termos, pois, que este trabalho se realiza, considerando a importância de se conhecer os elementos e, por sua vez, o processo envolvido, passo-a-passo, de percepção e conceptualização, assim como o modelo mental e recorte cultural que, em conjunto, constituem a 'visão de mundo' de uma comunidade cultural cujos valores são dados a conhecer em sua manifestação lexemática. Valendo-se desse princípio, prosseguimos no segundo capítulo com alguns apontamentos a cerca do uso das cores e seu papel na Literatura. No terceiro capítulo temos uma breve exposição sobre como se deu a escolha e o motivo pelo qual decidimo-nos pela obra "Le Rouge et Le Noir", corpus deste trabalho de pesquisa. Por fim, a pane que considero das mais importantes seguida à Fundamentação Teórica, é a da aplicação e explicitação da análise dos elementos narrativos, discursivos e axiológicos cujo entrelaçamento resultou na obra. Nesta empreitada, ao contrário de Stendhal,preferimos o caminho de uma 'desconstrução cuidadosa e vigiada' de sua obra, a fim de, chegando ao princípio, alcançarmos o nosso propósito final: o de análise de crenças e valores em termos de conceitos em cujos lexemas de cores se fazem manifestos. Tendo definidos os papéis actanciais e a estrutura narrativa de cada ator, consoante ) o seu fazer e ser, ou ainda, o seu não-fazer e não-ser no mundo, a fase seguinte é a da descrição da Estrutura Discursiva e a Semântica das cores, com o levantamento de 'figuras' e 'temas' que, ao longo do romance, reiteraram e sustentaram-no no nível da Estrutura Profunda - a Axiologia e Semântica. Não tão somente as idéias (ideologias) do ponto de vista do dominador, assim como o fazer do dominado com vistas à manutenção do dominador
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.05.2000

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Suze Silva; PAIS, Cidmar Teodoro. Julien Sorel: le jeune rouge et noir (uma abordagem semiótica). 2000.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.
    • APA

      Oliveira, S. S., & Pais, C. T. (2000). Julien Sorel: le jeune rouge et noir (uma abordagem semiótica). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Oliveira SS, Pais CT. Julien Sorel: le jeune rouge et noir (uma abordagem semiótica). 2000 ;
    • Vancouver

      Oliveira SS, Pais CT. Julien Sorel: le jeune rouge et noir (uma abordagem semiótica). 2000 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020