Exportar registro bibliográfico

Avaliação do efeito de recimentações sucessivas de coroas totais no desajuste marginal, retenção friccional e retenção final com três agentes cimentantes (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: RAMOS JUNIOR, LUIZ - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Assunto: PRÓTESE PARCIAL FIXA
  • Language: Português
  • Abstract: Trinta dentes molares humanos recém-extraídos foram preparados para a confecção de infra-estruturas metalocerâmicas com o objetivo de avaliar o efeito de recimentações sucessivas no desajuste marginal, retenção friccional e retenção final comtrês agentes cimentantes. Como parâmetro para as leituras de desadaptação marginal, restaurações de amálgama de prata foram previamente realizadas nas raízes dos dentes em quatro pontos equidistantes nas faces vestibular, palatina, mesial edistal e posteriormente traçadas com uma lâmina de bisturi, duas linhas em cruz sobre as mesmas. Outras quatro cruzes foram demarcadas a '+ OU -' 1,5mm das margens das infra-estruturas. Após a confecção das peças fundidas, as amostras foramdivididas em três grupos de dez, tomando-se como base a retenção friccional inicial que fora equivalente entre os grupos. As amostras do Grupo 1 foram cimentadas com fosfato de zinco, as do Grupo 2 com ionômero de vidro modificado e as do Grupo3 com resinoso. As medidas de desajustes das infra-estruturas foram realizadas com auxílio de microscópio óptico comparador e os valores médios foram: 117 ym negativos para o Grupo 1, 100ym negativos para o Grupo 2 e 120 ym para o Grupo 3. Estesvalores de desajustes foram submetidos à análise de variância a dois critérios, demonstrando haver diferença significante entre os resultados. Baseado nisto, concluiu-se que houve melhor ajuste das infra-estruturas com as sucessivasrecimentações. Os testes de resistênciaà remoção por tração das infraestruturas em relação aos dentes preparados mostraram as seguintes variações de valores de acordo com cada grupo estudado: Grupo 1: de 774.0 a 137.6 gf, Grupo 2: de 774.6 a139.1 gf e o Grupo 3: de 770.1 a 61.2 gf. Os valores foram submetidos ao teste estatístico já citado e também houve uma diferença significante dos resultados. Diante deste fato, concluiu-se que houve uma perda da retenção friccional devido às ) sucessivas recimentações. Os valores de retnção final das infraestruturas em relação aos dentes preparados mostraram as seguintes variações de valores: Grupo 1; de 23.35 a 38.91kgf, Grupo 2: de 38.21 a 43.01kgf e Grupo 3: de 32.04 a41.57 kgf. Estes valores foram submetidos à análise estatística, onde se confirmou a diferença significante. Baseado nisto, concluiu-se que houve um aumento, de uma forma geral, na retenção final dos três grupos estudados com as recimentações.Com relação a situações de pesquisa, ao utilizar-se o cimento de fosfato de zinco e ionômero de vidro modificado, pode-se realizar até quatro cimentações para que o resultado final de retenção não sofra modificações e ao utilizar-se o resinoso,não realizar mais que uma cimentação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.12.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RAMOS JÚNIOR, Luiz; BONFANTE, Gerson. Avaliação do efeito de recimentações sucessivas de coroas totais no desajuste marginal, retenção friccional e retenção final com três agentes cimentantes. 1999.Universidade de São Paulo, Bauru, 1999.
    • APA

      Ramos Júnior, L., & Bonfante, G. (1999). Avaliação do efeito de recimentações sucessivas de coroas totais no desajuste marginal, retenção friccional e retenção final com três agentes cimentantes. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Ramos Júnior L, Bonfante G. Avaliação do efeito de recimentações sucessivas de coroas totais no desajuste marginal, retenção friccional e retenção final com três agentes cimentantes. 1999 ;
    • Vancouver

      Ramos Júnior L, Bonfante G. Avaliação do efeito de recimentações sucessivas de coroas totais no desajuste marginal, retenção friccional e retenção final com três agentes cimentantes. 1999 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020