Exportar registro bibliográfico

Avaliação do processo inflamatório induzido experimentalmente pela inoculação de Aeromonas hydrophila e Mycobacterium marinum em girinos de rã Touro-Gigante (Rana catesbeiana - SHAW, 1802) (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MAIORINO, FERNANDO CORLETO - FMVZ
  • Unidades: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPT
  • Subjects: PATOLOGIA COMPARADA; INFLAMAÇÃO (IMUNOLOGIA); IMUNOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Visando o estudo de patologia comparada da inflamação foi induzida resposta inflamatória através da inoculação de dois microrganismos, sendo um predominantemente extracelular - Aeromonas hydrophils e outro predominantemente intracelular - Mycobacterium marinum, em girinos de rã touro-gigante (Rana catesbeiana, SHAW - 1802), Esse experimento visou a compreensão da cinética inflamatória induzida por esses dois agentes, bem como a caracterização dos tipos celulares participantes do processo. As bactérias foram inoculadas na musculatura da cauda realizando-se cortes histológicos das lesões nos tempos referentes a 3, 7, 14, 21 e 30 dias pós-inoculação. Os fragmentos de cauda foram preparados pela técnica da hematoxilina-eosina para análise sob microscopia de luz. Para caracterizar a fibroplasia os cortes foram corados pelo picrossírius-red e para a visualização das microbactérias desenvolveu-se a coloração de Ziehl-Nielsen. Ainda, foram realizadas técnicas imuno-histoquímicas com a utilização de anticorpos primários anti-BCG, anti-lisozima, anti-macrófagos de coelho (RAM 11) e anti-S 100. Os resultados obtidos demonstraram que a Aeromonas hydrophila provoca reação inflamatória aguda com predomínio de infiltrado inicialmente composto por neutrófilos, sendo gradativamente substituído por células mononucleares enquanto que o Mycobacterium marinum provoca reação inflamatória que se cronifica com o desenvolvimento de granuloma. As células do focoinflamatório apresentaram marcação para anticorpos anti-S 100 e anti-lisozima em ambos os tratamentos. As lesões induzidas pelo Mycobacterium sp apresentaram positividade para anticorpos anti-BCG em todos os tempos experimentais. Para os anticorpos anti-macrófagos nào houve marcação em ambos os tratamentos. Finalmente, é proposta a cinética inflamatória induzida por estes dois microrganismos, bem como os mecanismos imuno-patológicos observados nas lesões provocadas por ) Aeromonas hydrophila e Mycobacterium marinum em musculatura da cauda de girinos de rã touro-gigante
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.05.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MAIORINO, Fernando Corleto; SINHORINI, Idércio Luiz. Avaliação do processo inflamatório induzido experimentalmente pela inoculação de Aeromonas hydrophila e Mycobacterium marinum em girinos de rã Touro-Gigante (Rana catesbeiana - SHAW, 1802). 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Maiorino, F. C., & Sinhorini, I. L. (1999). Avaliação do processo inflamatório induzido experimentalmente pela inoculação de Aeromonas hydrophila e Mycobacterium marinum em girinos de rã Touro-Gigante (Rana catesbeiana - SHAW, 1802). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Maiorino FC, Sinhorini IL. Avaliação do processo inflamatório induzido experimentalmente pela inoculação de Aeromonas hydrophila e Mycobacterium marinum em girinos de rã Touro-Gigante (Rana catesbeiana - SHAW, 1802). 1999 ;
    • Vancouver

      Maiorino FC, Sinhorini IL. Avaliação do processo inflamatório induzido experimentalmente pela inoculação de Aeromonas hydrophila e Mycobacterium marinum em girinos de rã Touro-Gigante (Rana catesbeiana - SHAW, 1802). 1999 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020