Exportar registro bibliográfico

A comunicação cartográfica como instrumento aplicável à sociedade: o mapa como expressão da realidade observada pelo cartógrafo (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: LIMA, JOSE JUAREZ TAVARES - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: GEOGRAFIA HUMANA; CARTOGRAFIA; COMUNICAÇÃO; SEMIÓTICA; MAPAS
  • Language: Português
  • Abstract: A presente Tese tem por objetivo discutir a comunicação cartográfica no plano teórico-metodológico. O Capítulo I é dedicado à caracterização teórica da comunicação em cartografia, isto é, o tipo de comunicação em estudo, os diversos enfoques sobre comunicação cartográfica, partindo das várias definições da palavra cartografia, identificamos que a preocupação com a comunicação aplicada ao produto cartográfico, sobretudo ao mapa, é coisa relativamente recente. No capítulo II, discutimos as teorias sobre a comunicação cartográfica, o significado de comunicação na cartografica, em seguida verifica-se que para fazer a fundamentação de uma estratégia de análise do mapa enquanto produto cartográfico deve-se partir da representação gráfica vista como linguagem estruturada tendo por base a semiologia gráfica. Neste capítulo, é importante enfatizar, aqui, que a comunicação cartográfica é vista como um instrumento aplicável à sociedade, o que implica compreender o desenvolvimento da sociedade para então compreender o desenvolvimento da cartografia. No capítulo III, discutir-se-á esta componente teórica, representação gráfica ou la graphique, enquanto meio de representação dos fenômenos geográficos, através de algumas considerações que, apesar de bastante longas, não constituem pretensão de esgotar o assunto. Aliás é bom enfatizar, aqui, que concentramos as nossas preocupações apenas no mapa, ou seja, deixamos de abordar os gráficos e as redes. No capítulo IV,retomamos alguns aspectos da Comunicação Cartográfica, porém direcionados para a discussão do mapa como expressão da realidade observada pelo cartógrafo. No capítulo V apresentamos as considerações finais onde discutimos as conclusões sobre os assuntos tratados no corpo da presente Tese. De tudo isso depreende-se que esta tese se passa no plano de uma discussão teorico-metodológica. Não se fará análise direta de algum corpus de produto cartográfico produzido ) tendo-se por base a representação gráfica. Em resumo, existe na tese um duplo movimento: um esta direcionado para a melhor compreensão do objeto de estudo, isto é, a comunicação cartográfica como instrumento aplicável à sociedade em cujo contexto encontramos o mapa como expressão da realidade observada pelo cartógrafo e, o outro está voltado na direção de melhorar os instrumentos de compreensão deste objeto, procurando, sobretudo mostrar como as transformações da sociedade humana e seus modos de produção afetam o modo de comunicação entre os sujeitos sociais quer por intermédio de documentos escritos quer por meio de mapas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, José Juarez Tavares; MARTINELLI, Marcelo. A comunicação cartográfica como instrumento aplicável à sociedade: o mapa como expressão da realidade observada pelo cartógrafo. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Lima, J. J. T., & Martinelli, M. (1999). A comunicação cartográfica como instrumento aplicável à sociedade: o mapa como expressão da realidade observada pelo cartógrafo. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Lima JJT, Martinelli M. A comunicação cartográfica como instrumento aplicável à sociedade: o mapa como expressão da realidade observada pelo cartógrafo. 1999 ;
    • Vancouver

      Lima JJT, Martinelli M. A comunicação cartográfica como instrumento aplicável à sociedade: o mapa como expressão da realidade observada pelo cartógrafo. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021