Exportar registro bibliográfico

Ácidos graxos ômega-3 na diferenciação celular no intestino remanescente pós ressecção proximal de 50% em ratos (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA, JOÃO CARLOS NUNES DE - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Sigla do Departamento: 602
  • Assunto: FARMÁCIA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho avalia o efeito da administração de ácidos graxos ômega-3 (AGw-3) sobre a integridade funcional e a morfometria do intestino delgado de ratos antes e após a ressecção de 50% do segmento jejuno­feal. Foram utilizados 39 ratos wistar, machos, pesando aproximadamente 200 g e divididos em 2 grupos (controle = experimental = 20). Os animais foram tratados com as dietas controle (C) a experimental (E) por um período de 15 dias a submetidos a cirurgia para retirada de 50% da porção jejuno-feal. As dietas foram isocalóricas a isonitrogenadas, a sua única diferença foi a presença de AGw-3 no grupo experimental. Após 6 e 12 dias da cirurgia, os animais foram sacrificados. Foram avaliados parâmetros nutricionais (ingestão da dieta, evolução ponderal), morfométricos (população celular da vilosidade a cripta do íleo), a bioquímicos (determinação das atividades enzimáticas das dissacaridases, aminopeptidase, fosfatase alcalina, dos níveis de DNA, TBARs aproteína totais) na mucosa do intestino remanescente retirado durante o ato cirúrgico a após 6 ou 12 dias. Nos dois grupos avaliados, foram semelhantes a ingestão da dieta, o ganho de peso no período de pré tratamento, a perda de peso após a cirurgia e a recuperação ponderal posterior, redução nos níveis de triglicerídeos no período de 06 dias pós-cirurgia. No período de pré tratamento houve diferença significante da atividade enzimática de sacarase no grupo experimental da mucosa do jejuno, e no ileo ocorreuredução de todas as atividades dissacaridásicas no grupo que recebeu AGw-3, sugerindo a necessidade de cautela na utilização de suplementos nutricionais contendo AGw-3. Após a cirurgia houve redução da atividade de sacarase no jejuno e no ileo de todas as disacaridases no grupo experimental. A fosfatase alcalina manteve-se aumentada no grupo w-6 e diminuída no grupo w-3 após o décimo segundo dia pós-cirúrgico, sugerindo que a ingestão de AGO-3 ) deve ser restrita em situações onde haja uma resposta adaptativa funcional, como na enterectomia parcial
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, João Carlos Nunes de; FREITAS, Osvaldo de. Ácidos graxos ômega-3 na diferenciação celular no intestino remanescente pós ressecção proximal de 50% em ratos. 1999.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 1999.
    • APA

      Oliveira, J. C. N. de, & Freitas, O. de. (1999). Ácidos graxos ômega-3 na diferenciação celular no intestino remanescente pós ressecção proximal de 50% em ratos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Oliveira JCN de, Freitas O de. Ácidos graxos ômega-3 na diferenciação celular no intestino remanescente pós ressecção proximal de 50% em ratos. 1999 ;
    • Vancouver

      Oliveira JCN de, Freitas O de. Ácidos graxos ômega-3 na diferenciação celular no intestino remanescente pós ressecção proximal de 50% em ratos. 1999 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020