Exportar registro bibliográfico

O trabalho em um núcleo de atenção psicossocial do município de Santos (SP) - resgatando desejos, reconstruindo projetos de vida em um tempo sem milagres (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: FILIZOLA, CARMEN LUCIA ALVES - ENFERM
  • Unidade: ENFERM
  • Assunto: ENFERMAGEM
  • Language: Português
  • Abstract: Este é um estudo sobre o trabalho realizado em um Núcleo de Atenção Psicossocial (NAPS) do município de Santos-SP, o NAPS II, com o objetivo de apreender os seus vários momentos, a sua finalidade, a sua organização, bem como o prazer e osofrimento dos trabalhadores nesse contexto. Para realizá-lo, além da observação de campo foram feitas entrevistas semiestruturadas com os trabalhadores que compõem a equipe que presta cuidado direto aos usuários. Com o objetivo de caracterizaro objeto de trabalho desse NAPS também foi realizado um levantamento de prontuários. Ao buscar reconstruir o processo de trabalho no NAPS II foi possível afirmar que, embora a prioridade do serviço esteja centrada na atenção aos quadros desofrimento psíquico mais graves, os psicóticos, o trabalho ali realizado vai muito além da concepção de que o tratamento se resume na remissão de sintomas, da doença. Constitui-se em uma atenção individual que busca resgatar as histórias de vidade cada pessoa, os seus desejos e, a partir daí, construir/reconstruir um projeto de vida. A nova organização do trabalho identificada com a polivalência não é efetivamente executada por todos os trabalhadores, pois nem todos assumem aresponsabilidade em ser referência de paciente (principalmente as auxiliares de enfermagem). Ao refletir sobre essa nova organização, sugere-se o resgate de especificidades de profissões que compõem a equipe. Ao analisar o prazer a sofrimentoadvindos do trabalho tomou-se necessárioreafirmar que não se pode olhar o trabalho de uma posição maniqueísta. Deve-se, também, considerar a diversidade de formações, posições e situações de classe dos que o executam: os técnicos de nívelsuperior a auxiliares de enfermagem, uma vez que, se para os primeiros, esse trabalho faz parte de seus projetos de vida; para a maioria das auxiliares ele se constitui, mais, em uma necessidade de sobrevivência. No entanto, dentre os fatoresque levam ) ao prazer e ao sofrimento há um, que transcende as formações, sendo responsável pelo maior ou menor desgaste do trabalhador. E o resultado do trabalho, o seu milagre ou a sua "obra" que consiste na possibilidade de o tratalhador verque o trabalho que fez trouxe repercussões concretas na vida da pessoa, foi capaz de ajudá-la a crescer. Porém, isso é muito dificil de ver. Diante dos fatores geradores de sofrimento, os trabalhadores apontam algumas sugestões para amenizá-lo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FILIZOLA, Carmen Lúcia Alves; SILVA, Graciette Borges da. O trabalho em um núcleo de atenção psicossocial do município de Santos (SP) - resgatando desejos, reconstruindo projetos de vida em um tempo sem milagres. 1999.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 1999.
    • APA

      Filizola, C. L. A., & Silva, G. B. da. (1999). O trabalho em um núcleo de atenção psicossocial do município de Santos (SP) - resgatando desejos, reconstruindo projetos de vida em um tempo sem milagres. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Filizola CLA, Silva GB da. O trabalho em um núcleo de atenção psicossocial do município de Santos (SP) - resgatando desejos, reconstruindo projetos de vida em um tempo sem milagres. 1999 ;
    • Vancouver

      Filizola CLA, Silva GB da. O trabalho em um núcleo de atenção psicossocial do município de Santos (SP) - resgatando desejos, reconstruindo projetos de vida em um tempo sem milagres. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021