Exportar registro bibliográfico

Caboclos-ribeirinhos da Amazônia: um estudo da organização da produção camponesa no município do Careiro da Várzea-AM (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: CRUZ, MANUEL DE JESUS MASULO DA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: GEOGRAFIA HUMANA; GEOGRAFIA; ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO; PRODUÇÃO AGRÍCOLA
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho teve como enfoque central analisar a organização da produção agrícola familiar dos habitantes de várzea de um lugar da Amazônia brasileira: o município do Careiro da Várzea, no estado do Amazonas, o qual destacamos quatro lugares considerados mais significativos: Paraná do Curari, Paraná do Careiro, Paraná do Cambixe e Costa da Terra Nova. Esses lugares apresentam diferenças consideráveis no que diz respeito aos aspectos geomorfológicos, topográficos, hidrológicos e formações vegetais, os quais refletem diretamente na organização da produção. Um outro aspecto considerado neste estudo está relacionado aos fatores naturais, tais como: o processo de enchente/vazante, erosão/deposição, dentre outros. As oscilações anuais do nível do rio Solimões-Amazonas fizeram com que as populações da várzea do Careiro produzissem uma extraordinária capacidade de adaptação a esse ambiente em constante alteração, pois parte do ano, durante o período de águas altas, pertence ao ambiente aquático, a outra parte, durante o recuo das águas, pertence ao ambiente terrestre. O processo intenso de erosão fluvial e deposição de sedimentos das áreas de várzea, também, fizeram com que os ribeirinhos se adaptassem a esses espaços em constantes transformações, pois, em alguns trechos da várzea do Careiro, há perdas e ganhos concomitante de terras, em outros, há perdas totais, enquanto que em outros os ganhos são significativos. Todas essas situações determinam estratégias diferenciadas desobrevivência. Os ribeirinhos que atualmente habitam a várzea do Careiro praticam um conjunto de atividades, com um baixo nível de especialização, condição fundamental na produção e reprodução desse tipo de organização social, pois os mesmos fazem uso da terra, da água e da floresta, seja por meio da prática agrícola, da criação de pequenos e grandes animais, seja por meio da pesca, do extrativismo, da coleta, dentre outros. O uso desse ) trinômio: terra-água-floresta, possibilita tanto suprir as necessidades básicas fundamentais, como manter certa flexibilidade nas suas relações com o mercado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.10.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CRUZ, Manuel de Jesus Masulo da; OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. Caboclos-ribeirinhos da Amazônia: um estudo da organização da produção camponesa no município do Careiro da Várzea-AM. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Cruz, M. de J. M. da, & Oliveira, A. U. de. (1999). Caboclos-ribeirinhos da Amazônia: um estudo da organização da produção camponesa no município do Careiro da Várzea-AM. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Cruz M de JM da, Oliveira AU de. Caboclos-ribeirinhos da Amazônia: um estudo da organização da produção camponesa no município do Careiro da Várzea-AM. 1999 ;
    • Vancouver

      Cruz M de JM da, Oliveira AU de. Caboclos-ribeirinhos da Amazônia: um estudo da organização da produção camponesa no município do Careiro da Várzea-AM. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021