Exportar registro bibliográfico

Expressão das miosinas II e V de cérebro durante o desenvolvimento embrionário do sistema nervoso de galinha (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: AZEVEDO, ALEXANDRE DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RMF
  • Assunto: MORFOLOGIA (ANATOMIA)
  • Language: Português
  • Abstract: As miosinas, cinesinas a dineinas são motores moleculares que , associadas ao citoesqueleto de actina a microtúbulos, atuam nos mecanismos de motilidade celular. Durante o desenvolvimento do sistema nervoso, a proliferação celular, a migração decélulas nervosas para sítios específicos, a extensão dos cones de crescimento e o transporte axonal são manifestações de diferentes processos de motilidade celular. O presente trabalho demonstrou através de imunodetecção a presença das miosinas II e V em embriões de galinha (BM-II a BM-V) e a imunolocalização da miosina-V durante o desenvolvimento embrionário do sistema nervoso de galinha. Os resultados imunoquímicos ("western blots" seguidos de imunomarcação) mostraram que estas duas miosinas estão presentes em embriões de galinha desde o estágio de blastocisto até o início do período fetal, sugerindo a participação destas miosinas nos processos de motilidade celular durante o - desenvolvimento embrionário. Os resultados imunohistoquímicos evidenciaram a presença da BM-V concentrada na porção basal a apical das células neuroepiteliais de embriões com 24 de desenvolvimento. Estes resultados junto com as evidências da literatura levam à hipótese da participação desta miosina na alteração da forma sofrida pelas células neuroepiteliais durante o fechamento do tubo neural. Embriões em estágios mais avançados do desenvolvimento (48, 72 a 120 horas de desenvolvimento) mostraram as células neuroepiteliais aosneuroblastos do sistema nervoso central, periférico e- autônomo a seus neuritos imunomarcados. Diversos autores apontam para a participação da BM-V na organização do citoesqueleto, no transporte de membranas, proteínas, RNAm a organelas em células nervosas a outros tipos celulares. A BM-V poderia, portanto, realizar estas funções nos eventos de divisão a migração das células nervosas, crescimento axonal, transporte axoplasmático antes e após o estabelecimento das ) durante o desenvolvimento embrionário a fetal. O fato de camundongos mutantes nulos para o gene dilute que codifica a miosina-V de cérebro possuir uma citoarquitetura a anatomia aparentemente normal e a miosina-V estar presente desde o inicio do desenvolvimento embrionário levanta questões sobre a essencialidade desta proteína durante o desenvolvimento e também sobre uma possível sobreposição de funções entre as isoformas de V (Va, Vb a Vc) a outras miosinas. Estas questões seriam respondidas, possivelmente, com a análise do desenvolvimento de camundongos mutantes para o genedilute
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.12.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AZEVEDO, Alexandre de; LUNARDI, Laurelúcia Orive. Expressão das miosinas II e V de cérebro durante o desenvolvimento embrionário do sistema nervoso de galinha. 1999.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 1999.
    • APA

      Azevedo, A. de, & Lunardi, L. O. (1999). Expressão das miosinas II e V de cérebro durante o desenvolvimento embrionário do sistema nervoso de galinha. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Azevedo A de, Lunardi LO. Expressão das miosinas II e V de cérebro durante o desenvolvimento embrionário do sistema nervoso de galinha. 1999 ;
    • Vancouver

      Azevedo A de, Lunardi LO. Expressão das miosinas II e V de cérebro durante o desenvolvimento embrionário do sistema nervoso de galinha. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021