Exportar registro bibliográfico

Comportamento da permeabilidade intestinal em pacientes traumatizados após dieta padronizada com ou sem adição de glutamina (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARDOSO, JOÃO BATISTA - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCO
  • Subjects: CIRURGIA ORTOPÉDICA
  • Language: Português
  • Abstract: A intensa atividade metabólica do enterócito associada à característica anatômica em que a irrigação das vilosidades é feita por arteríolas terminais; tornam o intestino extremamente vulnerável à hipóxia. Em pacientes traumatizados pode haver uma predisposição a atrofia a ulcerações da mucosa, capaz de comprpmeter a eficiência da barreira intestinal, permitir a translocação de bactérias a toxinas e induzir a sepse seguida da síndrome de disfunção de múltiplos órgãos a morte. O estudo foi conduzido estimando-se a permeabilidade intestinal através da medida da excreção urinária do 5'CrEDTA, 24 horas após sua administração por via oral, na dose de 100gCi (3,7 MBq) em 10 voluntários normais, a de 100wCi(3,7 MBq) por sonda nasogástrica, em 15 vítimas de trauma sem lesão do trato digestivo que foram alocadas em dois grupos : grupo controle (n=7) que recebeu dieta padronizada a grupo glutamina (n=8) que recebeu a dieta enteral padronizada eL-glutamina livre, em bolus, na dose de 12,5 g de glutamina / 1000 kcal. Comparando-se a quantidade de emissões gama urinárias com a quantidade de emissões gama administrada, os valores de permeabilidade foram expressos em porcentagem da dose administrada. No grupo dos voluntários a permeabilidade foi mensurada uma única vez. Nos grupo controle a no grupo glutamina a permeabilidade intestinal foi mensurada duas vezes: no primeiro (PD1) a no sétimo (PD7) dia de administração da dieta. Nas condições do presente estudo osresultados mostraram que a permeabilidade intestinal nas vítimas de trauma, está aumentada no primeiro dia de administração das dietas, em relação aos voluntários, a que comparando-se os valores das diferenças de permeabilidade no grupo controle a no grupo glutamina, entre o primeiro dia (PD1) a sétimo dia (PD7) da administração das dietas, o comportamento da permeabilidade não diferiu significativamente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.12.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARDOSO, João Batista; ANDRADE, José Ivan de. Comportamento da permeabilidade intestinal em pacientes traumatizados após dieta padronizada com ou sem adição de glutamina. 1999.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 1999.
    • APA

      Cardoso, J. B., & Andrade, J. I. de. (1999). Comportamento da permeabilidade intestinal em pacientes traumatizados após dieta padronizada com ou sem adição de glutamina. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Cardoso JB, Andrade JI de. Comportamento da permeabilidade intestinal em pacientes traumatizados após dieta padronizada com ou sem adição de glutamina. 1999 ;
    • Vancouver

      Cardoso JB, Andrade JI de. Comportamento da permeabilidade intestinal em pacientes traumatizados após dieta padronizada com ou sem adição de glutamina. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020