Exportar registro bibliográfico

Expressão das moléculas de histocompatibilidade de classe I e II em células linfomonocitárias de pacientes com diabetes mellitus do tipo 1 recentemente diagnosticados (1999)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERNANDES, ANA PAULA MORAIS - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPM
  • Subjects: IMUNOLOGIA MÉDICA
  • Language: Português
  • Abstract: Embora vários mecanismos etiopatogênicos tenham sido propostos, o papel das moléculas de histocompatibilidade na susceptibilidade ao diabetes mellitus do tipo 1 ainda não está totalmente esclarecido. Assim, neste estudo, foram avaliadasasporcentagens das células CD3+, CD4+, CD8+, CD 19+ e CD 14+, expressando as moléculas de histocompatibilidade de classe I ou II (HLA-DR ou -DQ), a densidade de expressão das moléculas de histocompatibilidade de classe I ou II nessas populaçõeslinfomonocitárias, a ainda, a correlação entre densidade de expressão dessas moléculas com o perfil imunogenético do DM tipo 1. Para esse fim, foram avaliados 20 pacientes com DM tipo 1, recentemente diagnosticados, metabolicamente compensados.Como controles, foram avaliados 20 indivíduos saudáveis, pareados aos pacientes em termos de idade, sexo a raça. A densidade de expressão das moléculas BLA nas diversas subpopulações linfomonocitárias foi avaliada por citometria de fluxo. Osgenes HLADR a -DQ foram tipados, utilizando-se iniciadores de oligonucleotídeos seqüência específicos. Os resultados foram analisados pelo teste de Mann Whitney. Sendo observado aumento da densidade de expressão das moléculas HLA de classe I emlinfócitos T CD3+, CD4+ a CD8+ de pacientes com DM tipo 1 quando comparados aos controles. Em relação às moléculas HLA de classe II, o número e a porcentagem dos linfócitos B expressando as moléculas HLA-DR, estavam aumentados em pacientes, eonúmero e a porcentagem dos linfócitos T CD4+ expressando as moléculas HLA-DQ de pacientes, estavam diminuidos em relação aos controles. Os pacientes portadores dos alelos, apresentaram diminuição no número e porcentagem das células CD3+, CD4+,CD8+, CD19+ e CD14+ expressando as moléculas HLA-DQ, e ainda, diminuição da densidade de expressão da molécula IHLA-DQ nas células CD19+. Este estudo reafirma a importância da densidade de expressão das moléculas de histocompatibilidade de ) de classe I1 na patogenia ao diabetes, conduzindo a susceptibilidade ao DM tipo 1
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.08.1999
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDES, Ana Paula Morais; DONADI, Eduardo Antônio. Expressão das moléculas de histocompatibilidade de classe I e II em células linfomonocitárias de pacientes com diabetes mellitus do tipo 1 recentemente diagnosticados. 1999.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 1999. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-16012002-122226/ >.
    • APA

      Fernandes, A. P. M., & Donadi, E. A. (1999). Expressão das moléculas de histocompatibilidade de classe I e II em células linfomonocitárias de pacientes com diabetes mellitus do tipo 1 recentemente diagnosticados. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-16012002-122226/
    • NLM

      Fernandes APM, Donadi EA. Expressão das moléculas de histocompatibilidade de classe I e II em células linfomonocitárias de pacientes com diabetes mellitus do tipo 1 recentemente diagnosticados [Internet]. 1999 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-16012002-122226/
    • Vancouver

      Fernandes APM, Donadi EA. Expressão das moléculas de histocompatibilidade de classe I e II em células linfomonocitárias de pacientes com diabetes mellitus do tipo 1 recentemente diagnosticados [Internet]. 1999 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-16012002-122226/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020