Exportar registro bibliográfico

Caracterização do estado nutricional proteico-energético de pacientes com insucifiência cardiaca congestiva internados em enfermaria de cardiologia clínica (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: MODOLO, ANA KARINA - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: NUTRIÇÃO; DOENÇAS CARDIOVASCULARES (EPIDEMIOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Com a finalidade de investigar a incidência de desnutrição proteico-energética, e suas formas prevalentes na insuficiência cardiaca congestiva, mediante combinação de indicadores antropométricos e laboratoriais, foram estudados, prospectivamente,41 pacientes por acasião da internação e 20 pacientes nesta e na alta hospitalar em enfermaria clínica onde permaneceram 16 mais ou menos 11 dias recebendo tratamento clínico/dietético convencional. A avaliação do estado nutricional era composta da ingestão proteico-energética (recordatório de 24 horas). antropometria (peso, índice de massa corporal, circunferência do braço, circunferência muscular do braço, prega cutanea triciptal prega cutanea subescapular) e exames laboratoriais (proteínas totais, albunina, hematocrito, hemoglobínal, linfocitos, glicomia, triglicerideos, colesterol e HDL-colesterol), com resultados apresentados na forma de desvios-padrão em relação a média populacional (escore z). os deficits significativos na internação foram das variáveis circunferência do braço, hematocrito, hemoglobina e HDL-colesterol, com elevação da glicemia. Pelo índice de massa corporal, 30% dos pacientes foram classificados como sobrepeso, 213 grau 1 o 113grau 11. As significância da associação linear entre os pares de variáveis antroponétricas e laboratoriais permitiu a composição de dois crítérios para classificação da desnutrição, tendo o índice de massa corporal, albumina e linfocitos comoelementoscomuns, mais circunferência muscular do braço e prega cutanea tricipal (criterio 1) ou circunferência do braço, prega cutanea subescapular e bemoglobina (criterio 11). A ingestão proteica (1,36 g/kg/dia) e energética (32,7 kcal/Kg/dia)na internação foram adequadas apesar de 50% dos pacientes referirem anorexia e 30% serem classificados com sobrepeso. Houve indicadores que pioraram com a hospitalização como os laboratórios de hemodiluição (hematocrito, hemoglobina, albumina (Continuaçao) apesar da conduta diurética. Desta forma, apenas o critério 11 acusou melhora (5%), da desnutrição, na forma grave. Os indicadores mais sensíveis foram circunferência muscular do braço, circunferência do braço, albumina e linfocitos. Assim, a maioria dos pacientes cota insuficiência cardiaca congestiva estudados apresentaram desnutrição, predominantemente na forma grave do tipo energética, com limitações no uso de indicadores sob influência de edema ebemodiluição; apesar da conduta diurética, a melhora nutricional da hospitalização foi detectada apenas pelos indicadores das formas mais suaves de desnutrição
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.05.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MODOLO, Ana Karina; BURINI, Roberto Carlos. Caracterização do estado nutricional proteico-energético de pacientes com insucifiência cardiaca congestiva internados em enfermaria de cardiologia clínica. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Modolo, A. K., & Burini, R. C. (1999). Caracterização do estado nutricional proteico-energético de pacientes com insucifiência cardiaca congestiva internados em enfermaria de cardiologia clínica. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Modolo AK, Burini RC. Caracterização do estado nutricional proteico-energético de pacientes com insucifiência cardiaca congestiva internados em enfermaria de cardiologia clínica. 1999 ;
    • Vancouver

      Modolo AK, Burini RC. Caracterização do estado nutricional proteico-energético de pacientes com insucifiência cardiaca congestiva internados em enfermaria de cardiologia clínica. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021