Exportar registro bibliográfico

Bug do Milênio: uma visão de engenharia (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: PRANDO, GERSON - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PRO
  • Assunto: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Ao longo dos últimos cinco anos, os investimentos em projetos de Tecnologia da Informação (TI) nas grandes corporações têm ultrapassado a casa dos bilhões de dólares. Não obstante, estima-se que 80% desses projetos não são entregues no prazo determinado, sendo que 10% desses chegam a ser efetivamente concluídos. É neste cenário desafiador que emerge o chamado Bug do Milênio, uma limitação no campo de datas dos sistemas de computação, preparados para reconhecer apenas dois dígitos, o que pode instaurar um caos mundial na virada do milênio quando eles identificarem 00 como 1900. Independente dos estragos que a síndrome do ano 2000 poderá acarretar na economia mundial, seu efeito dentro da área de sistemas de grandes corporações já pode ser comparado ao de uma bomba relógio. Com certeza, de todos os projetos de TI já pilotados pelos profissionais de informática nenhum outro teve características tão preocupantes. A primeira delas é a questão prazo. Pela primeira vez, um projeto da área de sistemas não pode ser encarado como um investimento, apesar de mobilizar uma soma respeitável de dinheiro. É tão somente o custo de modificar o que, a princípio, já está funcionando normalmente. Outro desafio inovador é o fato de que na maioria das vezes os projetos não requerem o envolvimento direto da alta direção da corporação, não afetam todas as áreas da organização e a questão também impacta a cadeia de valores e os parceiros (efeito dominó) que interagem nela. A escassez demão-de-obra para efetuar a conversão, principalmente de sistemas mais antigos, muitos sem código fonte, também é outro fantasma. Por todas essas características inovadoras é que a questão do ano 2000 não pode ser encarada como um projeto único e exclusivo da área de sistemas. Muitas empresas tentam encarar o problema como uma oportunidade de aperfeiçoar a arquitetura de TI da empresa. Em muitos casos, o Bug do Milênio surge como projeto reparador (continuação) dentro da área de sistemas e acaba se transformando num movimento de atualização geral do ambiente de informática. É neste redemoinho que este trabalho irá atuar: mostrando técnicas de correção pela ótica do software, apresentando uma metodologia que serve tanto para atividades de diagnóstico, conversão e testes como para adaptação das empresa a novos processos, os possíveis impactos dentro e fora da área de sistemas, as oportunidades e oportunismos vislumbrados pelo mercado e por fim apresentando a norma de certificação NRY2K(98).Para validação das propostas serão apresentados estudos de casos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.08.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PRANDO, Gerson; PESSÔA, Marcelo. Bug do Milênio: uma visão de engenharia. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Prando, G., & Pessôa, M. (1999). Bug do Milênio: uma visão de engenharia. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Prando G, Pessôa M. Bug do Milênio: uma visão de engenharia. 1999 ;
    • Vancouver

      Prando G, Pessôa M. Bug do Milênio: uma visão de engenharia. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021