Exportar registro bibliográfico

Vidas construídas na terra: o ir e vir de trabalhadores rurais (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: DIAS, WILKA CORONADO ANTUNES - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PST
  • Subjects: ECONOMIA DO TRABALHO; PSICANÁLISE; PSICOLOGIA SOCIAL; HISTÓRIA
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo realiza uma análise do processo de trabalho rural, que tem início na releitura da obra escrita por Maria Conceição D'Incao, em meados dos anos setenta - O "Bóia-Fria": acumulação e miséria, evoluindo para um enfoque do hoje trabalhador rural "Sem-Terra", como produto da expansão do capitalismo no campo. Uma abordagem psicossocial de análise permitiu reconhecer nos trabalhadores rurais uma forte ligação afetiva com a terra e a busca de reconciliação com os vínculos de origem pelo retorno às atividades no trabalho rural. Também este estudo conclui que categorias psicossociais como sofrimento psíquico, identidade, precariedade das condições a que são submetidos em seu cotidiano e as conseqüências do desenraizamento de suas origens influem nas expectativas desse trabalhador em busca de uma redefinição de seu modo de vida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.05.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DIAS, Wilka Coronado Antunes; MELLO, Sylvia Leser de. Vidas construídas na terra: o ir e vir de trabalhadores rurais. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Dias, W. C. A., & Mello, S. L. de. (1999). Vidas construídas na terra: o ir e vir de trabalhadores rurais. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Dias WCA, Mello SL de. Vidas construídas na terra: o ir e vir de trabalhadores rurais. 1999 ;
    • Vancouver

      Dias WCA, Mello SL de. Vidas construídas na terra: o ir e vir de trabalhadores rurais. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021