Exportar registro bibliográfico

Ecologia de populações e comportamento de quatro espécies de bagres Heptapterinae (Teleostei: Siluriformes) em riachos do Alto Vale do rio Ribeira (Iporanga, São Paulo) (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: GERHARD, PEDRO - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: OSTEICHTHYES; ZOOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A ecologia e o comportamento de quatro espécies de bagres Heptapterinae (Siluriformes: "Pimelodidae") foram estudados na bacia do rio Betari, região do Vale do Ribeira, Estado de São Paulo. Além de um trecho de 2.000 m do curso médio do rio Betari, foram estudados trechos hipógeos de menor extensão de três de seus afluentes, rio Água Suja, rio Roncador e ria Águas Quentes. Foram empregados os métodos de marcação e recaptura e o de observações subaquáticas durante catorze viagens mensais entre março de 1997 e agosto de 1998, sendo doze delas para a marcação de exemplares. Após doze ocasiões de captura e marcação, 489 exemplares de Rhamdioglanis frenatus, 288 de Pimelodella transitoria, 29 de Chasmocranus lopezi e 16 de Rhamdia quelen foram tatuados com corantes acrílicos. A seleção de hábitats foi estudada a partir da capturas realizadas em cada uma das classes de substrato e velocidade da água em que foram colocadas as armadilhas. A não ser para C. lopezi, as demais espécies demonstram preferência por hábitats de fluxo reduzido e substrato inconsolidado, menos acentuada em R. frenatus. Os resultados das sessões de observações subaquáticas obtiveram conclusões semelhantes, ainda que de caráter qualitativo. Um maior número de capturas ocorreu em trechos mais profundos, em posições mais a jusante do trecho estudado no rio Betari, e o mesmo foi observado para indivíduos de maior porte. A análise das capturas em diferentes classes de tamanho de R. frenatus e P.transitoria indica que não existem padrões claros de recrutamento ao longo do ano, o que pode vir a caracterizar reprodução infrequente ou parcelada. Não foram encontradas diferenças significativas entre tamanhos nos diferentes riachos. Diferenças significativas no fator de condição foram encontradas entre populações de uma espécie e entre os meses de captura de uma mesma população, mas não foi encontrado um padrão claro entre as espécies, seja espacial ) ou sazonal. As marcas tiveram duração média estimada em seis meses, mas algumas recapturas foram efetuas até 11 meses após a tatuagem. R. frenatus, P. transitoria e R. quelen demonstraram alto grau de sedentarismo, tendo sido recapiturados em torno dos sítios de marcação em mais de 80% das vezes. A área domiciliar destas espécies foi estimada em 50 metros ao longo de um ano. Os movimentos observados em todas as espécies não mostraram qualquer tendência clara, tanto direcional quanto sazonal. Estimativas de tamanho de população combinadas a partir dos resultados obtidos pelos métodos de Fisher-Ford e Jolly-Seber foram 550-1150 indivíduos para R. frenatus e de 700-1.500 de P. transitoria, no trecho do rio Betari. Em relação ao crescimento individual, foi demonstrado crescimento em pulsos no período de estudo apenas em R. frenatus do rio Betari. O crescimento mensal médio observado nesta espécie foi de 1,5 mm.'mêsPOT.-1' e para P. transitoria e R. quelen, 0,6 e 0,7 mm.'mêsPOT.-1'. Estimativas delongevidade obtidas através da equação de von Bertallanfy foram de 4,0-8,4 anos para R. frenatus e 4,0-12,4 anos para P. transitoria e 4,5 anos para R. quelen. A não ser para P. transitoria, que forma pequenos cardumes, as demais espécies tem hábitos solitários e não territorias. Os resultados são discutidos, relacionando os parâmetros entre os riachos estudados, sazonalidade, pressão de predação e filogenia dos Heptapterinae
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.09.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GERHARD, Pedro; TRAJANO, Eleonora. Ecologia de populações e comportamento de quatro espécies de bagres Heptapterinae (Teleostei: Siluriformes) em riachos do Alto Vale do rio Ribeira (Iporanga, São Paulo). 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Gerhard, P., & Trajano, E. (1999). Ecologia de populações e comportamento de quatro espécies de bagres Heptapterinae (Teleostei: Siluriformes) em riachos do Alto Vale do rio Ribeira (Iporanga, São Paulo). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Gerhard P, Trajano E. Ecologia de populações e comportamento de quatro espécies de bagres Heptapterinae (Teleostei: Siluriformes) em riachos do Alto Vale do rio Ribeira (Iporanga, São Paulo). 1999 ;
    • Vancouver

      Gerhard P, Trajano E. Ecologia de populações e comportamento de quatro espécies de bagres Heptapterinae (Teleostei: Siluriformes) em riachos do Alto Vale do rio Ribeira (Iporanga, São Paulo). 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021