Exportar registro bibliográfico

Ações das neurocinas CNTF e IL-6 exógenas na regeneração nervosa periférica (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: PEREIRA, FRANCISCO CARLOS - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: FÁRMACOS (SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO); PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
  • Language: Português
  • Abstract: Foi estudada a ação do fator neurotrófico ciliar (CNTF) e da interleucina 6 (IL-6) exógenos na regeneração nervosa periférica. Aplicação de CNTF recombinante humano: o nervo ciático de 12 camundongos adultos C57BL/6J (3 grupos, n=4) foi seccionado e os cotos proximal e distal ancorados com ponto único de sutura no interior de tubo de polietileno (TP) com 6mm de comprimento e 0,76mm de diâmetro interno, com intervalo de 4mm entre os cotos. Os TP foram implantados vazios ou preenchidos com uma das seguintes soluções: (1) colágeno (col.) purificado (Vitrogen, 2,4 mg/ml) em tampão fosfato (0,2M), na proporção de 1:1; (2) col.+CNTF (1:1, com 100 ´mü´g/ml de CNTF/tubo). Após 6 semanas os tubos contendo os cabos nervosos regenerados (CR) foram processados e incluídos em Epon. Fibras nervosas mielínicas foram contadas na porção média dos CR com um sistema controlado por computador (Biographics). Camundongos que receberam CNTF apresentaram número significativamente maior de axônios regenerados (3027 ´+ OU -´ 62, média ´+ OU -´ erro padrão) em relação aos animais implantados com tubos vazios (1384 ´+ OU-´ 128) ou preenchidos apenas com colágeno (1639 ´+ OU -´ 104). Outros 12 animais adicionais tiveram o nervo ciático seccionado e reparado da mesma maneira. Após 6 semanas, um tubo contendo solução do traçador neuronal HRP foi implantado no coto distal do nervo. Decorrido um período suplementar de 3 dias, neurônios marcados foram contados na medula espinhal e nos gânglios dasraízes dorsais ´L IND. 4,5,6´. Não houve diferença significante no número de motoneurônios entre os diferentes grupos experimentais (vazio = 740 ´+ OU -´ 21; col. = 749 ´+ OU -´ 44; CNTF = 790 ´+ OU -´ 14) e os animais não-operados (794 ´+ OU -´ 30). Não houve também diferença significante no número de neurônios sensitivos entre os diferentes grupos experimentais (vazio = 1920 ´+ OU -´ 59; col. = 2262 ´+ OU -´ 152; CNTF = 2124 ´+ OU-´ 96) e todos... ) apresentaram número menor de neurônios sensitivos quando comparados com os animais não operados (4211 ´+ OU -´ 96). Aplicação de IL-6 recombinante murina: 12 camundongos C57BL/6J adultos foram divididos em dois grupos (n=6) e implantados com TP preenchidos com: (1) Vitrogen (2,4 mg/ml) e tampão fosfato (0,2 M), na proporção de 1:1; (2) Vitrogen + IL-6 (1:1, com 100 ´mü´g/ml de IL-6/tubo). Após tempo de sobrevida de 6 semanas, os tubos com os CR foram processados da mesma forma que no experimento anterior. Fibras nervosas mielínicas foram contadas na porção média dos CR. Os resultados mostraram que os animais implantados com col.+IL-6 tinham número significativamente maior de axônios mielínicos (2025 ´+ OU-´ 143) que os animais injetados apenas com col. (1542 ´+ OU -´ 122). O gânglio ´L IND.5´ foi também removido dos mesmos animais e cortado seriadamente (5´mü´m), para posterior contagem do número de neurônios sensitivos. Não houve diferença significante no número de neurônios sensitivos enre os grupos experimentais (col.= 528 ´+ OU -´ 42; col.+IL-6 = 554 ´+ OU -´ 37); todos, no entanto, apresentaram número significantemente menor de neurônios sensitivos quando comparados com osanimais não operados (1112 ´+ OU -` 63). Esses resultados indicam que a aplicação local de CNTF ou IL-6 estimula a regeneração de nervos seccionados e que este efeito é devido, provavelmente, a um aumento da taxa de brotamento dos axônios em regeneração
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.01.1999
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Francisco Carlos; DA SILVA, Ciro Ferreira. Ações das neurocinas CNTF e IL-6 exógenas na regeneração nervosa periférica. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-22062012-160537/pt-br.php >.
    • APA

      Pereira, F. C., & Da Silva, C. F. (1999). Ações das neurocinas CNTF e IL-6 exógenas na regeneração nervosa periférica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-22062012-160537/pt-br.php
    • NLM

      Pereira FC, Da Silva CF. Ações das neurocinas CNTF e IL-6 exógenas na regeneração nervosa periférica [Internet]. 1999 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-22062012-160537/pt-br.php
    • Vancouver

      Pereira FC, Da Silva CF. Ações das neurocinas CNTF e IL-6 exógenas na regeneração nervosa periférica [Internet]. 1999 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47135/tde-22062012-160537/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021