Exportar registro bibliográfico

Uso e ocupação do solo e sua influências na formação de depósitos sedimentares e assoreamento na bacia da represa Billings (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: MODESTO, ROSANGELA PACINI - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: BACIA HIDROGRÁFICA (CONSERVAÇÃO;MANEJO); ECOLOGIA; USO DO SOLO (ECONOMIA); RECURSOS NATURAIS
  • Language: Português
  • Abstract: A região da Represa Billings é um dos setores de expansão da mancha urbana da Região Metropolitana de São Paulo, cuja ocupação rápida e descriteriosa tem desencadeado processos de degradação. O presente trabalho teve por objetivo a análise de umdos indicadores da degradação da área, qual seja, a formação de depositos sedimentares na foz dos rios afluentes à represa, assim como dos processo erosivos atuantes e sua correlação com o processo de ocupação. a pesquisa baseou-se nasatividades de identificação, caracterização e mapeamento dos depósitos sedimentares da suscetibilidade à erosão do terrenos; evolução têmporo-espacial do uso e ocupação do solo; e definição do potencial erosivo dos terrenos, decorrente nainteração entre os fatores físicos e humanos. Os depósitos sedimentares de maior expressão territorial foram identificados nas sub-bacias com predomínio do uso urbano, nas sub-bacias com atividades de mineração e naquelas onde se associam ambosos usos. Além desses, foram identificados depósitos expressivos nas áreas de influência das rodovias. Os cortes e aterros realizados para construção dessas rodovias, principalmente em áreas de relevo mais movimentado, permitiram a remoção edeposição dos sedimentos formados na foz dos rios principais. Verificou-se ainda que as áreas urbanas na bacia de drenagem da represa encontram-se em estágios diferenciados, entre a consolidação e a expansão urbana. A consolidação das áreasurbanizadas, com ocupação máxima das áreasloteadas e implantação da infra-estrutura básica, possibilita a minimização dos processos erosivos. Enquanto que, nas áreas de expansão urbana e sem infra-estrutura (principalmente sem pavimentação deruas e rede coletora de águas pluviais), os processos erosivos acelerados são mantidos, incrementando o volume de sedimentos depositados na foz dos rios afluentes à represa. Finalmente, observou-se que o caráter irregular dos loteamentos implantados na área da represa, sob o ponto de vista legal, tem contribuído para a manutenção da exposição do solo aos processos erosivos por longos períodos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.05.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MODESTO, Rosângela Pacini; TOLEDO, Gil Sodero de. Uso e ocupação do solo e sua influências na formação de depósitos sedimentares e assoreamento na bacia da represa Billings. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Modesto, R. P., & Toledo, G. S. de. (1999). Uso e ocupação do solo e sua influências na formação de depósitos sedimentares e assoreamento na bacia da represa Billings. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Modesto RP, Toledo GS de. Uso e ocupação do solo e sua influências na formação de depósitos sedimentares e assoreamento na bacia da represa Billings. 1999 ;
    • Vancouver

      Modesto RP, Toledo GS de. Uso e ocupação do solo e sua influências na formação de depósitos sedimentares e assoreamento na bacia da represa Billings. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021