Exportar registro bibliográfico

Propriedades de fadiga de soldas de alta resistência e baixa liga com diferentes composições microestruturais (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: BRAZ, MARIA HELOISA PEREIRA - ENGMAT
  • Unidade: ENGMAT
  • Sigla do Departamento: SMT
  • Subjects: SOLDAGEM; FADIGA DOS MATERIAIS
  • Language: Português
  • Abstract: Foram estudadas as propriedades de fadiga em dois grupos de soldas de alta resistênciae baixa liga com diferentes composições microestruturais. As soldas do grupo A apresentaram microestruturas compostas de ferrita acicular, ferritaalotriomórfica e ferrita de Widmanstätten, com limite de escoamento de aproximadamente 460 MPa, enquanto que as soldas do grupo B apresentaram microestruturas compostas de martensita de baixo carbono, bainita e ferrita acicular, com limite deescoamento de aproximadamente 850 MPa. A partir do ensaio de trincas longas, foi obtida a taxa de crescimento por ciclos de carregamento, da/dN, de da/dN=1,18 x '10 POT.-12'. 'delta''K POT.2,91' e da/dN=1,34 x '10 POT.-11". 'delta''K POT.2,64',respctivamente para as soldas dos grupos A e B. Como pode ser observado a partir destas equações, a taxa de crescimento foi mais alta para o grupo B. Da análise do fechamento da trinca pode ser concluído que o principal fator determinante de umamenor taxa de propagação para as soldas do grupo A foi a plasticidade desenvolvida pela estrutura. Dos ensaios de trincas curtas foi observado que no caso das soldas do grupo A, uma vez nucleada a trinca, esta se propagava até o colapso do corpode prova. Para as soldas do grupo B foi observado que não bastava a existência de uma trinca para que esta se propagasse até o colapso do corpo de prova. Para as soldas do grupo B foi observado que não bastava a existência de uma trinca para queesta se propagasse até a fraturatotal do corpo de prova e que o fator controlador foi a granulomentria associada a uma determinada composição microestrutural
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.03.1999
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRAZ, Maria Heloisa Pereira; BOSE FILHO, Waldek Wladimir. Propriedades de fadiga de soldas de alta resistência e baixa liga com diferentes composições microestruturais. 1999.Universidade de São Paulo, São Carlos, 1999. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-17102001-111717 >.
    • APA

      Braz, M. H. P., & Bose Filho, W. W. (1999). Propriedades de fadiga de soldas de alta resistência e baixa liga com diferentes composições microestruturais. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-17102001-111717
    • NLM

      Braz MHP, Bose Filho WW. Propriedades de fadiga de soldas de alta resistência e baixa liga com diferentes composições microestruturais [Internet]. 1999 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-17102001-111717
    • Vancouver

      Braz MHP, Bose Filho WW. Propriedades de fadiga de soldas de alta resistência e baixa liga com diferentes composições microestruturais [Internet]. 1999 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-17102001-111717

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021