Exportar registro bibliográfico

Anhangabaú, o Chá e a metrópole (1998)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BUCCI, ANGELO - FAU
  • Unidades: FAU
  • Sigla do Departamento: AUP
  • Subjects: PLANEJAMENTO TERRITORIAL URBANO; ESPAÇO URBANO; ÁREAS CENTRAIS; ÁREAS METROPOLITANAS
  • Language: Português
  • Abstract: Anhangabaú, o Chá e a Metrópole são três palavras que dão o título deste estudo e fazem o seu roteiro. Anhangabaú é o modo como os índios viam o lugar e como lhe denominaram. Desde então, pela sua natureza, ele era identificado como um recinto etambém como referência. Ainda hoje, em certa medida, o vemos e o chamamos do mesmo modo. O Chá é o Viaduto que transpôs o Vale inaugurando a cidade moderna no final do século XIX. É a superação, no que diz respeito a relação da cidade com olugar. A Metrópole atravessa aquele recinto e lhe confere a grande dimensão, ela multiplica o seu valor simbólico. Três projetos serão analisados à luz destas considerações iniciais. Dois deles são simultâneos, Le Corbusier e Prestes Maia, 1929e 1930, e representativos de duas linhas opostas do pensamento sobre as questões da arquitetura. O primeiro teve importância na formação dos arquitetos paulistanos e o segundo foi responsável pela construção da São Paulo atual. Finalmente, oprojeto de Vilanova Artigas, 1974, representa a síntese que propôs conciliar ação e pensamento, dois universos tragicamente cindidos. É esse o assunto
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.08.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BUCCI, Angelo; ALMEIDA, Eduardo Luiz Paulo Riesencampf de. Anhangabaú, o Chá e a metrópole. 1998.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.
    • APA

      Bucci, A., & Almeida, E. L. P. R. de. (1998). Anhangabaú, o Chá e a metrópole. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Bucci A, Almeida ELPR de. Anhangabaú, o Chá e a metrópole. 1998 ;
    • Vancouver

      Bucci A, Almeida ELPR de. Anhangabaú, o Chá e a metrópole. 1998 ;