Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Efetividade da suplementação alimentar na recuperação nutricional de crianças: avaliação do Programa "Leite é Saúde" (PLS) no município do Rio de Janeiro (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: CASTRO, INÊS RUGANI RIBEIRO DE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HNT
  • DOI: 10.11606/T.6.2020.tde-14042020-133336
  • Subjects: PROGRAMAS DE NUTRIÇÃO; AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS DE SAÚDE; SISTEMAS LOCAIS DE SAÚDE; LEITE; ESTADO NUTRICIONAL
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo. Avaliação da efetividade do programa de suplementação alimentar "Leite é Saúde" (PLS) na recuperação nutricional de crianças desnutridas atendidas na rede municipal de saúde do Rio de Janeiro no período de 1994 a 1996. Método. Esse estudo foi composto pelas análises da operacionalização e impacto do PLS. A primeira foi baseada no universo de crianças atendidas nas 41 unidades que iniciaram o programa em 1994 e que foram inscritas no programa de julho de 1994 até o 2o semestre de 1996 (n=5247). Nessa avaliação foram considerados (1) o nível de cumprimento das normas para inscrição de beneficiários e (2) a cobertura das ações do programa. Para o componente (1), foram construídos três índices: um que considerou os dois critérios normatizados pela SMS para inclusão no programa (índice A), outro que admitia pequena flexibilização dos critérios estabelecidos (índice B) e um terceiro, que exigia a aproximação à norma em pelo menos um dos seus dois critérios (índice C). Para o componente (2), foram construídos três indicadores: captação (pautada em dois índices: um tendo como universo toda a cidade e outro, as regiões com PLS implantado em todos os serviços de saúde), permanência do grupo alvo no programa e exposição às ações centrais do programa. A avaliação do impacto do programa foi feita com base nas crianças que haviam atendido às condições normatizadas para inscrição no programa, que haviam sido acompanhadas nas unidades de saúde por pelo menos um ano e que possuíam pelo menos um registro de peso em cada intervalo trimestral de acompanhamento(n=748). O indicador de impacto escolhido foi a variação positiva do índice peso/idade (em escore z).O efeito de regressão à média foi corrigido aplicando-se ao escore z inicial fatores de correção baseados em coeficientes de correlação observados entre medidas seqüenciais de crianças bem nutridas. Fatores estudados como possíveis moduladores de impacto foram: idade e estado nutricional no ingresso, antecedentes e estado de saúde, distribuição de cota suplementar de leite para "contatos" do beneficiário e algumas características do programa. O período de coleta de dados foi de primeiro de agosto de 1996 a 17 de janeiro de 1997. Resultados. Os valores alcançados para os índices A, B e C de cumprimento das normas para inscrição no PLS foram de, respectivamente, 50,9%, 63,5% e 86,6%. Os dois índices de captação alcançaram valores de, respectivamente, 17,8% e 60,1%. A probabilidade de uma criança permanecer no programa ao final de 6, 9 e 12 meses de acompanhamento foi, respectivamente, de 77,8%, 70,8% e 60,9%. Quanto às ações centrais do programa, as unidades ofereceram, em média, 0,742 cota de leite/mês e 1,34 atendimento/mês. A variação média do índice peso/idade dos beneficiários ao final de doze meses de programa foi de 0,464 (IC95%=0,41-0,52). O ritmo da recuperação nutricional foi semelhante no 1o e 2o semestres de acompanhamento (0,245 e 0,219, respectivamente, (p=0,33)). O impacto do programa foi tanto maior quanto mais intenso o déficit ponderai inicial (p<0,000001) e a idade com que a criança entrou no programa não exerceu influência significativa na resposta obtida (p=0,56). A presença de fatores adversos não comprometeu o sucesso da intervenção, mesmo quando controlados estado nutricional e idade no ingresso.Conclusões. Esses achados, além de úteis para a reorganização do programa no município do Rio de Janeiro, são bastante oportunos para o debate sobre suplementação alimentar no Brasil, uma vez que o cerne do desenho do PLS está mantido na estratégia de controle da desnutrição infantil adotada no país a partir de 1998.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.03.1999
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2020.tde-14042020-133336 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASTRO, Inês Rugani Ribeiro de; MONTEIRO, Carlos Augusto. Efetividade da suplementação alimentar na recuperação nutricional de crianças: avaliação do Programa "Leite é Saúde" (PLS) no município do Rio de Janeiro. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-14042020-133336 > DOI: 10.11606/T.6.2020.tde-14042020-133336.
    • APA

      Castro, I. R. R. de, & Monteiro, C. A. (1999). Efetividade da suplementação alimentar na recuperação nutricional de crianças: avaliação do Programa "Leite é Saúde" (PLS) no município do Rio de Janeiro. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-14042020-133336
    • NLM

      Castro IRR de, Monteiro CA. Efetividade da suplementação alimentar na recuperação nutricional de crianças: avaliação do Programa "Leite é Saúde" (PLS) no município do Rio de Janeiro [Internet]. 1999 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-14042020-133336
    • Vancouver

      Castro IRR de, Monteiro CA. Efetividade da suplementação alimentar na recuperação nutricional de crianças: avaliação do Programa "Leite é Saúde" (PLS) no município do Rio de Janeiro [Internet]. 1999 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-14042020-133336


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021