Exportar registro bibliográfico

Da desconstrução do método à tranformação pedagógica no ensino de língua estrangeira (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: FERREIRA, FRANCISCO MANUEL DE CARVALHO COSTA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLM
  • Assunto: LINGUÍSTICA APLICADA
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho teve como objetivo questionar a noção de método como base conceitual do ensino de línguas estrangeiras e analisar os fatores que têm contribuído para o seu predomínio nesta área. Além disso, pretendia indicar alguns dos elementos de uma concepção crítica de transformação pedagógica que possibilite o questionamento e a reconstrução dos valores e das crenças dominantes no ensino de língua estrangeira. Procurei demonstrar inicialmente (Capítulo I) que a noção de método éinconsistente e não dá conta da complexidade da interação que ocorre no contexto de sala de aula. Além disso, é prescritiva: entende o professor como mero aplicador de um conjunto de especificações e a sala de aula como consumidora deconhecimento desenvolvido por especialistas alheios a esse contexto. No capítulo II, mostrei como a noção de método concretiza, no âmbito do ensino de línguas estrangeiras, a visão tradicional de educação e como ela reflete e constitui os pressupostos positivistas de ciência e conhecimento (as noções de objetividade e da transparência da linguagem da verdade absoluta, do sujeito unitário e consciente e da cientificidade do saber). Além disso, através da análise de idéias desenvolvidas por Baktin, Derrida e Foucault, questionei esses pressupostos e discuti as dificuldades e as possibilidades de resistencia a essa visão tradicional de educação e a noção de método. Nos capítulos III e IV, analisei duas concepções que se apresentam comoalternativas à noção de método; a concepção de effective teaching, desenvolvida por Jack C.Richards, e a de sense of plausibility, desenvolvida por N.S.Prabhu. Através de uma análise que tomou como referencial os princípios da deconstrução (Derrida) e utilizou subsídios da filosofia da linguagem de Bakhtin e da análise de discurso de Foucault, mostrei como essas concepções, de formas diferentes, acabam reforçando a noção de método, exatamente por nãoquestionarem os ) pressupostos que a sustentam. Na Conclusão, retomei os pontos levantados anteriormente em relação ao questionamento da noção de método e dos pressupostos que a sustentam e indiquei cinco aspectos que, no meu entender, deveriam servir de base a uma concepção crítica de transformação pedagógica: a prática pedagógica como elemento constituinte do contexto sócio-histórico; a subjetividade como intersubjetividade; relações de poder como reguladoras de sistemas de inclusão e exclusão do sujeito e do saber; transformação como movimento tenso e conflituoso de desconstrução e reconstrução; escola e ensino como formas de concretizar um projeto de dominação social e econômico (e não somente de implantar procedimentos didático-pedagógicos)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.04.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, Francisco Manuel de Carvalho Costa; SOUZA, Lynn Mário Trindade Menezes de. Da desconstrução do método à tranformação pedagógica no ensino de língua estrangeira. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Ferreira, F. M. de C. C., & Souza, L. M. T. M. de. (1999). Da desconstrução do método à tranformação pedagógica no ensino de língua estrangeira. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Ferreira FM de CC, Souza LMTM de. Da desconstrução do método à tranformação pedagógica no ensino de língua estrangeira. 1999 ;
    • Vancouver

      Ferreira FM de CC, Souza LMTM de. Da desconstrução do método à tranformação pedagógica no ensino de língua estrangeira. 1999 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021