Exportar registro bibliográfico

Caracterização de sequências repetidas de DNA trypanosoma rangeli com aplicação potencial em estudos epidemiológicos (1999)

  • Authors:
  • Autor USP: VARGAS-BONILLA, NANCY STELLA - ICB
  • Unidade: ICB
  • Sigla do Departamento: BMP
  • Assunto: PARASITOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Tendo por objetivo a identificação de sequências de DNA repetitivo de Trypanosoma rangeli, foi construída uma biblioteca no vetor pBluescript com fragmentos de 0,8 kb e 1,2 kb do DNA da cepa San Agustin digerido com TaqI. Estesfragmentosapresentavam intensa coloração com brometo de etídio após eletroforese em gel de agarose. O DNA de 43 recombinantes foi hibridizado por duas horas a 67´GRAUS CENTIGRADOS´ com DNA total de T. rangeli marcado radiativamente. Três clones(I-9, I-31e II-14) deram forte sinal de hidridização com DNA de T. rangeli e T. cruzi. Observou-se que I-9 possui sequências comuns aos dois parasitas; I-31 reage fortemente com T. rangeli e fracamente com T. cruzi e II-14 reage apenas com T.rangeli. Aquantificação do número de cópias das sequências I-31 e II-14 indicou haver, respectivamente, cerca de 50-100 e 1000 cópias no genoma de T. rangeli. Experimentos de Southen blot mostraram que ambas as sequências estão dispersas nogenoma elocalizadas em três bandas cromossômicas (I-31) e em oito bandas cromossômicas (II-14). A análise da sequência do clone I-31 indica haver elevada identidade com a sequência nucleotídica de genes de adenilato ciclase de T. cruzi, T.brucei eLeishmania donovani. O mapa de restrição do clone II-14 (1234 pb) foi determinado, visando a obtenção de subclones para sequenciamento. A sequåencia do fragmento TaqI-PstI de 542 pb (denominado P542) não mostrou similaridadesignificativa comsequênciasdepositadas em bancos de dados, nem a nível de nucleotídios nem a nível de aminoácidos. O mesmo ocorreu com a sequência do fragmento PstI-TaqI de 692 pb (P692). Experimentos de Southern blot e a determinação do númerode cópiasconfirmam que o elemento P542 é a sequência abundante e dispersa no genoma de T. rangeli detectada originalmente no clone II-14. O elemento P542 é específico deste organismo, não sendo encontrado em 13 espécies de tripanossomatídiosestudadas. ) Foi confirmada a presença de P542 em 11 isolados de T. rangeli originários de vários países e de hospedeiros mamíferos e vetores. Foi padronizado um ensaio de PCR para a amplificação do elemento P542 que permite detectar entreumdécimo a um centésimo do conteúdo de DNA de um parasita. A sequência P542 é capaz de identificar T. rangeli em amostras contendo tubo digestivo e fezes de triatomíneos. A aplicação potencial do elemento P542 em estudos epidemiológicosfoiinvestigada em dez amostras de DNA extraído do tubo digestivo de exemplares de Rhodmius sp coletados na Colômbia e em dez amostras de DNA extraído do sangue de gambás. A presença de T. rangeli foi confirmada em oito amostras de insetos e emduasamostras de gambás
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.03.1999

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VARGAS-BONILLA, Nancy Stella; ZINGALES, Bianca. Caracterização de sequências repetidas de DNA trypanosoma rangeli com aplicação potencial em estudos epidemiológicos. 1999.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.
    • APA

      Vargas-Bonilla, N. S., & Zingales, B. (1999). Caracterização de sequências repetidas de DNA trypanosoma rangeli com aplicação potencial em estudos epidemiológicos. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Vargas-Bonilla NS, Zingales B. Caracterização de sequências repetidas de DNA trypanosoma rangeli com aplicação potencial em estudos epidemiológicos. 1999 ;
    • Vancouver

      Vargas-Bonilla NS, Zingales B. Caracterização de sequências repetidas de DNA trypanosoma rangeli com aplicação potencial em estudos epidemiológicos. 1999 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021