Exportar registro bibliográfico

Microinfiltração marginal em cavidades de classe V preparadas com alta rotação e com laser de Érbio:YAG: estudo in vitro (1998)

  • Authors:
  • Autor USP: RAMOS, ANDREIA CRISTINA BASTOS - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODD
  • Subjects: LASER; DENTÍSTICA
  • Language: Português
  • Abstract: A microinfiltração é uma das causas de insucesso da restauração. Ela pode promover a descoloração marginal, cáries recorrentes, hipersensibilidade e o desenvolvimento de patologias pulpares. Vários materiais e técnicas têm sido investigados com opropósito de minimizar ou eliminar a microinfiltração ao redor das restaurações, especialmente nas margens gengivais de cavidade de Classe V, devido à ausência, na maioria dos casos, de esmalte nesta área. O uso clinico de laser de Er:YAG emDentística Restauradora é baseado principalmente na habilidade que este sistema possui de realizar preparos cavitários sem contato mecânico. A ablação dos tecidos duros resulta em preparo cavitário com superfícies irregulares, proporcionando umaforma adicional de retenção micromecânica para os materiais restauradores estéticos e talvez melhorar o selamento marginal. O propósito deste estudo foi avaliar através de lupa estereomicroscópica, microscópio eletrônico de varredura e tambémcaracterizá-las através de análise por energia dispersiva de raios X, os graus de microinfiltração marginal encontrados em cavidades de Classe V preparadas com o laser de Er:YAG e comparar com os graus encontrados nas cavidades preparadas comalta rotação. Para este estudo, foram utilizados 36 dentes terceiros molares humanos extraídos, divididos igualmente em 3 grupos: grupo 1 - preparado com alta rotação e condicionado com ácido fosfórico a 35%, grupo 2 - preparado com laser deEr:YAGe condicionado com ácido fosfórico a 35% e grupo 3 - preparado e condicionado com laser de Er:YAG. Os espécimes foram restaurados com sistema adesivo dental Single bond (3M) e resina composta fotopolimerizável Z100 (3M), estocados a '37GRAUS'C em estufa por 24 horas, termociclados, imersos em solução de nitrato de prata a 50% por 24 horas em total ausência de luz e revelados em solução reveladora sob luz fluorescente por 6 horas. Foram seccionados e avaliados através ) de lupa estereomicroscópica, microscópio eletrônico de varredura e análise pr energia dispersiva de raios X. Os resultados foram submetidos aos testes estatísticos de Kruskal-Wallis e Mann-Whithey. Concluiu-se que as cavidadespreparadas com o laser de Er:YAG, assim como as preparadas com alta rotação, ambas condicionadas com o laser de Er:YAG, assim como as preparadas com alta rotação, ambas condicionadas com ácido fosfórico a 35% (grupos 1 e 2) mostraram menoresgraus de microinflitração do que as cavidades preparadas e condicionadas com o laser de Er:YAG (grupo 3)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.12.1998

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RAMOS, Andréia Cristina Bastos; EDUARDO, Carlos de Paula. Microinfiltração marginal em cavidades de classe V preparadas com alta rotação e com laser de Érbio:YAG: estudo in vitro. 1998.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.
    • APA

      Ramos, A. C. B., & Eduardo, C. de P. (1998). Microinfiltração marginal em cavidades de classe V preparadas com alta rotação e com laser de Érbio:YAG: estudo in vitro. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Ramos ACB, Eduardo C de P. Microinfiltração marginal em cavidades de classe V preparadas com alta rotação e com laser de Érbio:YAG: estudo in vitro. 1998 ;
    • Vancouver

      Ramos ACB, Eduardo C de P. Microinfiltração marginal em cavidades de classe V preparadas com alta rotação e com laser de Érbio:YAG: estudo in vitro. 1998 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021